Menu da Rede

Acompanhe o Resumo do Dia na COTV

  • Capa
  • Política
  • Ato em Curitiba: PCO propõe 2ª conferência nacional contra o golpe

Liberdade para Lula!

Ato em Curitiba: PCO propõe 2ª conferência nacional contra o golpe

PCO propõe como eixos para conferência as lutas para derrubar Bolsonaro, libertar Lula e por novas eleições gerais

Fotos: Thiago Macambira –

Receba o DCO no Email

Da redação – Como parte das atividades do ato pela liberdade de Lula em Curitiba neste dia 27, aniversário de 74 anos do ex-presidente, preso político condenado sem provas pela Lava Jato, o PCO está realizando uma plenária do partido. O ato está sendo transmitido ao vivo pela Causa Operária TV, que exibe a íntegra da plenária nesse momento. A primeira fala na plenária foi apresentada pelo companheiro Antônio Carlos, dirigente do PCO, que fez um balanço da manifestação de hoje e apresentou um conjunto de propostas para a luta daqui em diante.

 

Balanço

Antônio Carlos abriu sua fala apresentando alguns números para demonstrar a força do ato realizado ao longo deste dia 27. Foram mais de 5 mil pessoas, de todas as partes do Brasil, que se dirigiram à capital do Paraná para exigir a liberdade de Lula. Caravanas de mais de 50 cidades, levando gente de todo o País que teve disposição de se deslocar por longas distâncias para ir ao protesto.

Diante desses números, Antônio Carlos assinalou o sucesso do ato como mais “um impulso no sentido de fazer uma ampla mobilização” em torno do problema da liberdade de Lula. Nesse sentido, é importante levantar em todos os atos daqui pra frente, como o do próximo dia 30 em Brasília, por exemplo, a exigência de liberdade para Lula. Além disso, não se deve pedir mudanças no governo Bolsonaro, mas exigir sua saída. É possível mobilizar em torno dessa reivindicação e é necessário fazê-lo. Para desenvolver essa luta, o PCO está apresentando três propostas.

 

Segunda Conferência Nacional aberta de luta contra o golpe

João Pimenta, da Aliança da Juventude Revolucionária (AJR), propõe eixos de luta para a Segunda Conferência Nacional aberta de luta contra o golpe.

O PCO está propondo a realização de uma Segunda Conferência Nacional aberta de luta contra o golpe, para organizar com diversas organizações ações conjuntas em torno dessa política. Desde já, deve-se colocar o problema de que não é mais possível continuar alimentando ilusões em saídas institucionais, como a votação que está em curso no STF relativa às prisões após condenação em 2ª instância.

No quadro dessa Conferência, João Pimenta, da Aliança da Juventude Revolucionária (AJR), falou em nome da juventude do PCO, propondo como eixos para essa conferência as seguintes políticas: primeiro, derrubar o governo Bolsonaro, levantar a palavra de ordem Fora Bolsonaro!; segundo, fazer uma campanha pela liberdade de Lula; terceiro, como consequência das duas primeiras propostas, para apresentar uma saída à esquerda para a crise nacional, exigir novas eleições gerais, com Lula candidato; quarto, colocar os generais de volta nos quartéis, impedir que continuem ameaçando o país com golpes militares; quinto, por uma Assembleia Geral Constituinte.

 

Atos unificados em todas as capitais pela liberdade de Lula

Antônio Carlos, dirigente do PCO, faz a primeira fala na plenária do partido durante o ato em Curitiba.

É necessário realizar grandes atos nacionais em Curitiba pela liberdade de Lula, porque é em Curitiba que o ex-presidente está preso e é preciso estar lá para pressionar o regime golpista sob controle da direita. Por outro lado, essa campanha precisa ser ampliada por todo o país. Por isso, a proposta é fazer atos em todas as capitais do Brasil para exigir a liberdade de Lula. Engrossando assim a campanha pela liberdade de Lula, e ajudando a preparar novos e cada vez maiores protestos em Curitiba.

Réveillon em Curitiba

Finalmente, a terceira proposta apresentada pelo PCO para fazer avançar a luta pela liberdade de Lula é a realização das festas do ano novo em Curitiba. Será mais uma oportunidade para lotar a cidade em defesa do ex-presidente e demonstrar o grande apoio popular que essa pauta atrai. Será mais uma ocasião para aprofundar essa mobilização, que hoje se tornou central na luta contra o golpe a direita. Fora Bolsonaro! Liberdade para Lula!

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.