Menu da Rede

Padre Júlio Lancellotti denuncia política criminosa da prefeitura

  • Capa
  • Política
  • “Amante” de Isa Penna, Kataguiri quer jogar frentistas na rua

Fora MBL dos atos!

“Amante” de Isa Penna, Kataguiri quer jogar frentistas na rua

Fascista do MBL que organizou o golpe contra Dilma e quer demitir 500mil frentistas não deve sob hipótese alguma participar dos atos da esquerda

Fascistas não serão tolerados nas manifestações. – Foto: reprodução.

Receba o DCO no Email

Kim Kataguiri, o deputado fascista do DEM e do MBL, apresentou uma emenda à Medida Provisória (MP) 1.063 que visa a destruir a profissão de frentista no Brasil. São cerca de 500 mil trabalhadores que serão ameaçados pelo desemprego caso a direita consiga passar com a emenda. A proposta também faz parte do projeto da destruição completa da Petrobras, um dos principais objetivos do golpe de Estado de 2016. Agora, com ao agravamento da crise com a gasolina chegando ao marco de 7 reais, os frentistas estão sendo usados como bode expiatório para esconder o elefante branco que é a destruição da mais importante empresa do País.

O deputado do MBL como sempre ataca os trabalhadores, o movimento em si foi amplamente, financiado pelo imperialismo como uma forma de auxiliar o golpe de Estado que teve como uma de suas principais políticas a destruição completa dos direitos trabalhistas. A política do MBL é a do neoliberalismo mais agressivo possível, é a política de Doria e de FHC de destruir completamente o país e jogar dezenas de milhões na miséria absoluta e na fome. São uma escória, um dos maiores inimigos da classe operária brasileira e deveriam ser tratados como tal por todas as organizações da esquerda.

Contudo a burguesia por meio da sua política da frente ampla conseguiu angariar os setores mais direitistas da esquerda pequeno burguesa, PSOL e PCdoB, e colocá-los a seu reboque para apoiar a 3 via, que no momento significa apoiar a candidatura do fascista João Doria. Isso foi visto no ato do dia 12, que foi convocado pelo próprio MBL e que era basicamente um comício para o governador de São Paulo. O PCdoB aderiu tão abertamente que a presidenta da UNE, que é da juventude do partido, desrespeitou completamente a decisão da organização e foi ao ato mesmo assim. Embora a direção do PSOL quisesse ir, acabou recuando por causa da pressão de suas bases.

Entretanto, o PSOL está totalmente mergulhado na política da frente ampla e por isso mandou uma representante sua para fazer um teste, Isa Penna, deputada estadual em São Paulo fez um papel semelhante ao da presidenta da UNE e foi se abraçar com Kim Kataguiri e Tabata Amaral em um ato organizado por fascistas que teve a presença do boneco inflável de Lula presidiário. Até agora a direção do PSOL não se pronunciou contra tamanho absurdo apesar de supostamente ter se posicionado contra a participação no ato do dia 12. Em sua fala a deputada ainda convidou os fascistas a participarem do ato da esquerda no dia 02 de outubro, reforçado que aprova a infiltração direitista que visa destruir a mobilização pelo fora Bolsonaro.

No fim, estes setores frente amplistas da esquerda pequeno burguesa seguem com sua política de desmobilização, não é possível se unificar com aqueles que deram o golpe de Estado e que atacam os trabalhadores todos os dias até hoje. A política do PSTU de se unificar com todos, até mesmo o MBL, que é a mesma política adotada pela direção do PSOL e do PCdoB se levada adiante irá abrir caminho para a direita tomar os atos. É preciso fortalecer uma frente única da esquerda que mobilize os trabalhadores pela derrubada imediata de Bolsonaro e por um governo dos trabalhadores com Lula presidente.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.