Menu da Rede

Bolsonaro lança Programa Habitacional: Minha Casa, Minha Milícia

  • Capa
  • Polêmica
  • Doria, Huck e Lemann: os melhores amigos do PCdoB

Frente amplíssima

Doria, Huck e Lemann: os melhores amigos do PCdoB

PCdoB forma bloco com a direita golpista, esquece os trabalhadores e forma um movimento que pode ser chamando de Movimento 45

PCdoB já demonstrava seu apreço pela direita – Foto: reprodução

Receba o DCO no Email

Na manifestação deste sábado, o PCdoB organizou um bloco que vai além da direita golpista e chega à extrema-direita e ainda foi chamado de “Bloco Democrático”. O “Bloco Democrático” contava com organizações como o PSDB de São Paulo, controlado pelo fascista João Doria, o movimento Acredito, financiado por um dos homens mais ricos do Brasil, Jorge Paulo Lemann, e o Agora, ligado à rede Globo, e do Livres, um movimento composto por ex-membros do PSL.

O chamado “Bloco Democrático” do PCdoB, além de não ter nada de democrático, também pode ser apelidado de Bloco Tucano porque possui diversas organizações e partidos políticos que são apêndices do PSDB de João Doria.

O movimento chamado Acredito é financiado por um dos principais elementos da burguesia nacional e ligada ao imperialismo, para “formar” políticos que defendam uma agenda de extrema-direita e de ataques ferozes aos direitos dos trabalhadores. Seus representantes votaram favoravelmente à destruição do sistema previdenciário e entrega para os bancos privados para prejudicar os trabalhadores e favorecer os patrões, sendo a principal representante e mais famosa a deputada Tábata Amaral.

Outro anexo tucano é o movimento Agora. Ligado diretamente a Rede Globo e outros órgãos da imprensa imperialista como o The Washington Post e The New York Times, possui personalidades de destaques tucanas como o apresentador de TV Luciano Huck que financiam o movimento.

Outro agrupamento de extrema-direita é o chamado Livres, uma espécie de MBL que perambula entre os partidos da extrema-direita como o PSL, DEM, Novo, PSDB, Cidadania, PODEMOS e PP. Defendem pautas liberais e de ataques aos trabalhadores, e sempre estão acompanhando os ataques do governo Bolsonaro a população e ao patrimônio público.

Os partidos Cidadania e Podemos além de serem anexos do PSDB, também votam esmagadoramente com o governo Bolsonaro. o Cidadania votou com o governo Bolsonaro em 87% das vezes e o Podemos em 77% das votações. O Solidariedade, além de apoiar o PSDB, mas eleições de 2014 e 2018, votou com Bolsonaro em 89% das vezes no Congresso Nacional.

PCdoB estaria se tornando um novo apêndice do PSDB?

Como vimos acima, o Bloco Democrático é um conjunto de organizações e partidos políticos ligados de maneira direita ou indiretamente ao PSDB. Praticamente todas as organizações, incluindo as sindicais, apoiam o PSDB, seus candidatos e sua política.

Nesse mesmo princípio, o PCdoB poderia estar se tornando um novo apêndice do PSDB, que além da formação do Bloco Democrático, que pode ser chamado de Movimento 45, também foi visto na defesa intransigente do PSDB nas manifestações e contra a expulsão dos tucanos do ato na avenida Paulista.

Além do fato do PCdoB organizar uma reunião com o PSDB na sede do partido em São Paulo para colocá-los na manifestação. Não é de hoje que o PCdoB procura se apoiar no PSDB, vimos isso nas eleições do Maranhão quando a chapa do PCdoB foi com o PSDB, em troca de apoiar Aécio Neves nas eleições em 2014.

Nos braços da direita golpista

O PCdoB está embarcando numa política de abandono total que qualquer luta contra o governo Bolsonaro. As alianças que estão sendo formadas pelo partido são em total oposição, não somente ao fora Bolsonaro, mas na sua política de ataques aos trabalhadores. Isso porque esses elementos que estão no bloco do PCdoB se dizem contra Bolsonaro, mas apoiam todos os ataques como destruição da previdência, ataques a luta pela terra, privatizações e outras políticas extremamente perniciosas para a economia nacional.

Outro ponto de discussão sobre os objetivos desse bloco é que todas as organizações são radicalmente contra Lula e o PT, e não querem de maneira alguma que Lula seja candidato as eleições em 2022. Usam o jargão “Nem Bolsonaro, nem Lula”, e pode-se dizer que são ainda mais contra Lula do que contra Bolsonaro.

A posição do PCdoB de se encabeçar esse bloco golpista é extremamente estranha e tudo indica com esse bloco que em 2022, o PCdoB vai apoiar esses golpistas em vez de Lula. Dessa maneira vai contribuir para a construção de uma terceira via com candidatos tucanos e a mesma politica de Jair Bolsonaro, caso isso favoreça o PCdoB de maneira muito oportunista.

Em total contradição com sua base

O PCdoB se juntar com a direita golpista e não apoiar Lula pode gerar uma enorme crise dentro do partido. Isso porque a base do PCdoB rejeita a direita e apoia de maneira incondicional a candidatura de Lula para derrotar os golpistas. O PCdoB sempre apoiou o PT nas eleições presidenciais e ainda mais a candidatura de Lula, e não o apoiar vai em completa oposição aos seus militantes e as organizações que controlam.

Esse oportunismo do PCdoB de inserir a direita golpista nos atos para fazer uma propaganda da terceira via nas eleições em 2022 deve ser amplamente denunciado e as organizações da direita devem ser repudiadas das manifestações.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.