Menu da Rede

Bolsonaro lança Programa Habitacional: Minha Casa, Minha Milícia

  • Capa
  • Editorial
  • Tigrões com estátuas, tchutchucas com os tucanos

Combate ao racismo?

Tigrões com estátuas, tchutchucas com os tucanos

A esquerda aparentemente só se importa com o racismo que já passou, pois no que se trata de lidar com os racistas de hoje, nada de ataques, apenas alianças.

Estátua de Borba Gato em chamas – Reprodução/Exame

Receba o DCO no Email

Na tarde do dia 24, enquanto os esforços e a atenção da classe operária estavam voltados para a tarefa primordial de realizar as passeatas pelo Fora Bolsonaro Brasil afora, um fato político que não é nenhuma novidade, ocorreu. Uma estátua do bandeirante Borba Gato foi posta em chamas na cidade de São Paulo, o ato foi reivindicado por um grupo intitulado Revolução Periférica, cuja conta no Twitter, registro mais antigo conhecido da organização, existe há menos de um mês como indicado no perfil.

Apesar de ainda não termos muita informação sobre esta organização misteriosa, podemos encontrar na esquerda declarações de apoio ao incêndio da estátua do bandeirante. As principais até o momento são do perfil oficial do MTST no Twitter, que retuitou a postagem sobre o incêndio da estátua com a seguinte mensagem: “Ação direta, ataque à simbologia da opressão!”

Além dessa declaração, tivemos também uma declaração do presidente do PSOL, Juliano Medeiros, onde em resposta a um questionamento de Leonardo Attuch sobre o tema, Juliano comentou: “Acho corretíssimo. Ação pedagógica que mostra que há outras trincheiras além das urnas.”

Ambas as declarações colocam o PSOL (e a direção do MTST, que é ligada ao PSOL) como favorável à atitude do grupo. O posicionamento chama a atenção, pois quando militantes atearam fogo a uma bandeira do PSDB no ato do dia 3 de Julho, o mesmo PSOL condenou a atitude, atacando a revolta popular e defendendo o partido que promove um genocídio que acontece hoje através da Polícia Militar.

Vendo essa contradição, é seguro constatar que o PSOL e outros setores da esquerda que já sinalizaram que apoiam esse tipo de vandalismo da história nacional têm uma política de “combater” o racismo do passado, mas não o do presente. Para eles, é justo atear fogo em uma estátua de figura histórica da formação nacional sob a alegação de que esta teria contribuído para a escravidão de centenas de anos atrás. Porém, repudiar uma manobra espúria dos agentes políticos que promovem a escravidão e o racismo de hoje é uma atitude totalmente execrável aos olhos dessa esquerda, vista a agressividade e a virulência dos ataques ao PCO, que foi desonestamente responsabilizado pela briga na manifestação no dia 6.

Esse tipo de ideologia trás uma aparência radical a uma posição que é na realidade muito moderada e reacionária, visto que além de não promover uma luta real contra a opressão dos povos, desvia a atenção dos revoltados com a opressão que vigora, para uma opressão do passado, que já não existe mais, além de promover uma visão burra da história da formação do Brasil, país que, diferente de outros países das Américas, não foi forjado sob a bandeira da segregação e sim da miscigenação. Essa avaliação pobre da formação do Brasil revela o caráter importado dessa ideologia identitária.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.