Menu da Rede

Acompanhe o Resumo do Dia na COTV

CUT ou Conlutas

Quem é mais esquerdista?

A organização sindical do PSTU se coloca a favor de um político burguês, representante dos patrões, como Ciro Gomes

Ciro na paulista – Arquivo DCO.

Receba o DCO no Email

Quando a Conlutas foi formada, em 2004, sob o governo Lula, o PSTU enganou alguns esquerdistas de que seria preciso romper com a CUT porque esta seria “governista e pelega”. O argumento era baseado na colaboração de classes dos governos petistas.

Na época, o PCO mostrou que o rompimento com a CUT era uma política reacionária, independentemente da política levada adiante pela direção majoritária do PT. Dividir as organizações sindicais só pode favorecer os patrões.

Além do mais, as acusações do PSTU não passavam de um pretexto para uma manobra de tipo oportunista. Sair da CUT e procurar uma posição mais favorável do ponto de vista burocrático. Na realidade, o discurso do PSTU não era nada mais do que demagogia esquerdista, mas no fundamental, a política do PSTU também é conciliadora, mas com o agravante de que, diferente do PT e da CUT, a Conlutas nunca teve uma base popular. O tempo passou e isso foi ficando cada vez mais claro.

E eis que nos deparamos com um artigo da organização sindical de brinquedo do PSTU, a CSP-Conlutas, defendendo Ciro Gomes da suposta violência sofrida no ato do dia 2 de outubro na avenida Paulista. A nota foi publicada no dia 3 de outubro: “CSP-Conlutas sobre os episódios na Paulista que envolveram violência física e hostilidades a PDT e outros”, os grandes revolucionários defendem um típico político burguês.

Segundo a nota da Conlutas: “No palanque principal, um pequeno grupo instalou uma claque, mas para vaiar e tentar impedir as falas que não lhes agradavam; faziam isso usando bumbos e intimidações. Ciro Gomes e membros do PDT foram ameaçados e vítimas de violência física na saída do palco.” Segundo a nota, que não cita nem o PCO nem o PT e a CUT, as vaias seriam produto de uma “claque”, ou seja, uma minoria.

Na mente da Conlutas, a maioria dos que ali estavam seria a favor de Ciro Gomes e da presença da direita golpista na manifestação. É uma falsificação, mas revela bem o que pensa o PSTU. Ciro Gomes teria um apoio popular, ignorando o fato de que as vaias foram generalizadas, assim como os gritos de Lula presidente e contrariando até mesmo uma pesquisa feita no ato de que 78% dos que lá estavam vão votar em Lula e de que a maioria é contra a presença da direita.

Essa mentalidade do PSTU não deve causar surpresa em ninguém. O grupo esteve em todas as oportunidades contra o PT e a favor do golpe, tendo inclusive defendido a prisão de Lula. Até ali, disfarçavam sua posição dizendo que Lula e o PT seriam conciliadores e “burgueses”. Assim, se colocaram informalmente do lado da direita golpista.

Agora, com a oportunidade de se colocar lado a lado da direita, lá está o PSTU, atacando os militantes que não aceitam a presença da direita nos atos.

Depois de todo o discurso pseudo esquerdista, o PSTU finalmente mostra que se encontra à direita da CUT.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.