Menu da Rede

Venezuela e China vão ampliar cooperação científica e tecnológica

  • Capa
  • Editorial
  • Parte da imprensa progressista contraria aquilo que diz criticar

DCM e Fórum

Parte da imprensa progressista contraria aquilo que diz criticar

O método usado por Nogueira e Rovai contra o PCO são bem instrutivos, vão ao contrário do que pregam e pressupõem defender aliados na atual conjuntura política

Essa imprensa, ao invés de informar, quer calar e censurar – Foto: Reprodução

Receba o DCO no Email

O PCO vem fazendo uma série de denúncias em relação às ligações de uma liderança do PSOL, Boulos, com ONG´s e organizações financiadas diretamente pela CIA, que esses institutos que têm como objetivo dar golpes de estado em países atrasados – principalmente na América Latina – a mando do imperialismo. Uma parte da imprensa dita progressista decidiu – por conveniência – ocultar, ridicularizar ou até mesmo negar a gravidade, de que uma pessoa que se diz de esquerda, que foi candidato à presidência do país, tem envolvimento com o que há de pior na burguesia internacional e nacional.

É curioso que a imprensa dita progressista, que deveria ser a maior interessada em esclarecer os fatos – por simplesmente respeitar o seu publico que é de esquerda -, faz exatamente o contrário. Kiko Nogueira, dono do canal Diário de Centro do Mundo, DCM, ao ser questionado – em uma live na presença do psolista –  sobre as denúncias, teve um surto de loucura e começou a xingar as pessoas que acompanham seu programa ao vivo no Youtube. Nogueira simplesmente deve ter achado que os comentários do chat eram de militantes do PCO, no entanto, os pedidos de explicação sobre o assunto partiram de todos que estavam ali assistindo, interessados apenas em saber se eram verdade as ligações do Boulos com o imperialismo ou não.

Mostrando o quanto é “democrático” e “aberto” às denúncias, questionamentos e ao debate, o dono do DCM cancelou a participação no programa que o presidente do PCO, Rui Costa Pimenta, fazia todas as sextas-feira. É interessante essa situação, pois revela muito o caráter de um canal que se apresenta como progressista. Qual seria a natureza do cancelamento? Censura? Privar seu público da verdade? Desorientar a esquerda nacional em meio à crise política que vive o país? Ocultar os fatos? Bom, seja lá o que for, são várias as perguntas que se abrem nesse debate. O que não dá para negar é que a atitude de Nogueira, além de suspeita, reacionária, vai no sentido contrário do que prega a maioria dos seus apresentadores e telespectadores.

O método de silenciar uma denúncia é típico da extrema-direita bolsonarista, mas até aí tudo bem, talvez o dono do DCM tenha descoberto como fazer para que não seja contrariado, ou que ninguém possa contrariar seus interesses. O que não dá para aceitar foi a violência que sucedeu depois. Nogueira colocou como título de uma live “PCO ameaça de morte Kiko Nogueira” – (PCO uma instituição jurídica!). Muito semelhante às acusações dos bolsonaristas contra os movimentos de luta pela terra, os quais são tachados de terroristas, bandidos e invasores. Imaginemos só, o PCO ameaçar alguém de morte. Fazendo isso, o apresentador subestima a capacidade intelectual e de raciocínio do seu público e dos assinantes do canal. Ora, quem vai acreditar em um absurdo desses?

Na verdade, a atitude do dono do canal surpreendeu um total de zero pessoas do PCO e aqueles que acompanham o partido. Alguns meses atrás, o canal também dito progressista, Revista Fórum, já havia se utilizado de métodos caluniosos e inclusive criminosos para tentar difamar e desmoralizar o PCO e sua militância. Renato Rovai, dono da Fórum, chegou a afirmar que o PCO teria roubado celular, agredido mulheres e ativistas em uma manifestação na Avenida Paulista – (PCO uma instituição jurídica!). Ao desnudarmos o caráter das afirmações infundadas de Rovai, este se revelou inimigo da verdade e de um setor importante da esquerda que apoia o PCO e agora não perde tempo em reproduzir em seu veículo a mentira que seja, da forma mais espúria possível, contra o PCO.

O compromisso com o jornalismo nesses casos é nenhum. Mostrando claramente como são “democráticos”, se quer, quiseram ouvir o partido. Ou seja, acusam sem provas, não dão o direito de resposta e ainda chamam os militantes e dirigentes do partido de malucos, ladrões e etc. Será que esses canais “progressistas” não aprenderam nada com Sergio Moro e a Operação Lava Jato, os quais eles criticam tanto? É preciso deixar claro que não será caluniando, difamando e tentando censurar, que vão conseguir apagar a verdade ou esclarecer o assunto. O caso Boulos ainda continua sem explicação por sua parte, as denúncias são repercutidas, todo dia aparecem novos apontamentos e a militância de esquerda quer saber qual a profundidade de sua relação com o imperialismo.

As dúvidas se assanham. O chilique do dono do DCM ou as calúnias da Fórum têm alguma relação com quem está sendo denunciado como um infiltrado e um projeto de laboratório do imperialismo? Por quais motivos decidiram ignorar e evitar questionamentos, diante das denúncias – cujos documentos que as embasam são claros e fáceis de se encontrar na internet – feitas pelo PCO? Para Boulos e outros integrantes do PSOL, há algum interesse protetivo? Os métodos que estão usando contra o PCO têm alguma relação com a atividade jornalistica séria, coerente, progressista, de esquerda? Ou se trata de um modelo informativo bem parecido como o que vimos da imprensa imperialista e seus lacaios no golpe de 2016?

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.