Menu da Rede

20211024150250 1635096648042 1 1 (1)

Cristiano Ronaldo chuta jogador. E se fosse Neymar?

  • Capa
  • Editorial
  • É preciso um dia nacional de paralisação das categorias

Discutir a greve geral

É preciso um dia nacional de paralisação das categorias

Chegou o momento, a CUT deve tomar a frente e mobilizar suas categorias, dando um fundamental passo na derrubada do regime golpista.

Realizar esta paralisação geral tem como tarefa também fazer com que as mobilizações se unifiquem com a classe operária, tendo um claro caráter de esquerda e barrando a infiltração direitista – Reprodução

Receba o DCO no Email

Com o aumento da mobilização e o anúncio do quinto dia de manifestações pelo Fora Bolsonaro, está cada vez mais patente a necessidade de se discutir a paralisação geral dos trabalhadores contra o regime golpista.

O importante anúncio por parte da Central Única dos Trabalhadores (CUT) no qual convoca um dia nacional de paralisação e mobilização dos servidores públicos, para este dia 18, é o início de uma nova etapa nas manifestações, com a presença em bloco das principais categorias organizadas do país defendendo suas revindicações e unindo-se com a mobilização contra o regime golpista. Esta manifestação coloca na ordem do dia a discussão sobre a necessidade de se convocar uma greve geral, paralisando todas as categorias e servindo como base para uma amplificação da luta contra Bolsonaro.

A greve geral deve ser vista não como uma muleta, assim como enxergam algumas organizações da esquerda, que na falta de uma política real de mobilização, levantam o problema da greve geral sem mesmo analisar qualquer base material que possibilite realizá-la. Hoje, a população brasileira encontra-se cada vez mais radicalizada, e as manifestações que passaram por cima da política paralisante das direções demonstram claramente este problema.

Ao mesmo tempo em que isso ocorre, ataques como a reforma administrativa, que golpeia diretamente mais de 13 milhões de trabalhadores, o aumento do desemprego que chega a 15% oficialmente e a privatização das principais empresas do país, como a Eletrobras e os Correios, impõem a necessidade dos sindicatos mobilizarem suas categorias de maneira unificada contra o regime golpista. Sendo assim, a partir da mobilização nacional dos servidores públicos neste dia 18, é preciso começar a preparar a realização de um dia nacional de paralisação de todas as categorias.

Este dia nacional de paralisação serve como uma demarcação da posição dos trabalhadores frente ao governo Bolsonaro, e como um preparativo para a realização de uma verdadeira greve geral. Ao contrário do que foi visto em anos anteriores, uma verdadeira greve geral consiste na paralisação por tempo indeterminado dos trabalhadores, que neste caso poderia facilmente ser responsável pela derrubada do regime político.

Por isso, esta importante arma dos trabalhadores precisa ser muito bem preparada, e um dia nacional de paralisação geral contra o governo é o primeiro passo desta mobilização. Realizar esta paralisação geral tem como tarefa também fazer com que as mobilizações se unifiquem com a classe operária, tendo um claro caráter de esquerda e barrando a infiltração direitista permitida por aquelas organizações que defendem a frente ampla no interior do movimento. Uma paralisação geral será a base de um movimento cada vez mais radicalizado e definido pela mobilização dos trabalhadores.

Chegou o momento, a CUT deve tomar a frente e mobilizar suas categorias, dando um fundamental passo na derrubada do regime golpista.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.