Menu da Rede

Os humilhados serão exaltados

  • Capa
  • Editorial
  • Bloco Tucano nos atos: mais um golpe do PSDB

Manobra de João Doria

Bloco Tucano nos atos: mais um golpe do PSDB

O PSDB faz mais um movimento para se infiltrar e tomar conta dos atos, com o apoio da esquerda

Tucanos não querem o Fora Bolsonaro, querem derrotar a mobilização popular contra a direita – Foto: Reprodução

Receba o DCO no Email

O PSDB lançou esta semana uma frente de fachada chamada “Bloco Democrático”. Trata-se de um golpe que busca aglutinar as organizações satélite dos tucanos, como Cidadania, PDT, PSB, Solidariedade, PV, Rede e “centrais” sindicais pelegas, assim como entidades ligadas a esses partidos, como os “movimentos” (leia-se ONGs financiadas por capitalistas) Acredito e Agora.

A surpresa foi a entrada do PCdoB nesse bloco, junto com suas organizações (CTB, UNE, JPL, UMES, UJS). Mas, se analisarmos bem, não é tanta surpresa assim. O partido “comunista” já havia sinalizado há muito tempo uma evolução no sentido de se integrar a um bloco hegemonizado e comandado pela direita.

O PCdoB tem sido o partido de esquerda que defende de maneira mais contundente a entrega da cabeça dos trabalhadores em uma bandeja para a direita. É quem articula a expulsão das forças mais combativas do movimento pelo Fora Bolsonaro e a infiltração do PSDB e da direita golpista nos atos.

Pois esse é o exato objetivo desse “Bloco Democrático” ─ que na verdade é um bloco tucano. Com esse bloco, o PSDB tenta de modo mais enfático penetrar no seio do movimento popular para sabotá-lo: primeiro, comendo pelas beiradas; depois, tomando o movimento de assalto.

Por isso o PSDB se protege nas cascas apodrecidas de partidos e organizações que têm um frágil verniz de esquerda, PDT, PSB e Força Sindical. Assim como o PCdoB, cuja direção se vê mancomunada com os golpistas, essas organizações prestam o serviço de uma tropa de choque política dos tucanos dentro dos atos. Como se já não bastasse a própria Polícia Militar!

Mas por que o PSDB faz isso?

Ora, já explicamos em demasia neste diário que o PSDB não quer o Fora Bolsonaro. O partido não assinou, até hoje, nenhuma das centenas de pedidos de impeachment do presidente fascista. Não faz sequer nenhuma propaganda pelo Fora Bolsonaro, com todo o seu aparato estatal.

A participação do PSDB nos atos é por conveniência. Tenta utilizá-los, já que uma parte da esquerda permite e colabora, para fazer propaganda eleitoral. A sua intenção é transformar o movimento em um grande comício para a chamada “terceira via”, impulsionada pela burguesia e cujo candidato predileto é o próprio PSDB. Mais precisamente, esse seria um comício de João Doria ─ perceba, leitor, que quem convoca oficialmente a direita a participar do ato é o diretório municipal de São Paulo do PSDB, controlado por Doria.

Logo, o PSDB destoa completamente da natureza da mobilização. Os atos são pelo Fora Bolsonaro nas ruas, por vacina para todos e auxílio emergencial digno. O PSDB é contra todas as reivindicações fundamentais dos manifestantes. Não deveria participar ─ até porque, se houvesse uma coordenação democrática do movimento que ouvisse a opinião das bases, perceberia que estas são radicalmente contra a participação do PSDB e da direita.

Porque o intuito é justamente sabotar a mobilização. O PSDB está dando um verdadeiro golpe na praça, começando pelo ato de São Paulo e espalhando-se pelos atos em todo o País ─ em Florianópolis, PDT e PCdoB articularam um golpe contra o PCO exatamente para abrir caminho para a direita, e o mesmo ocorreu no Rio de Janeiro.

O movimento popular não deve permitir tamanha afronta. Isso deve ser rechaçado veementemente. E a melhor maneira de fazer isso é fortalecendo o setor mais combativo da mobilização, isto é, contrapondo ao Bloco Tucano o Bloco Vermelho. Este último é o bloco no qual participam todos os militantes do PCO, dos Comitês de Luta, companheiros da base do PT e dos movimentos populares, e ao qual, neste dia 24, irá se juntar nada menos do que a Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Por Fora Bolsonaro e todos os golpistas ─ do governo e das manifestações da esquerda. Junte-se ao Bloco Vermelho e venha fazer parte da tropa de choque da mobilização popular.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.