Menu da Rede

20211024150250 1635096648042 1 1 (1)

Cristiano Ronaldo chuta jogador. E se fosse Neymar?

A quem interessa a calúnia?

Um anarquismo em prol do PSDB?

Alguns anarquistas estão fazendo frente com a direita em mais uma campanha de calúnias contra o PCO

Pelo fim da polícia assassina – Arquivo

Receba o DCO no Email

Não é apenas ridícula a calúnia de que o PCO teria feito um acordo com a Polícia Militar de São Paulo antes da mobilização do dia 24 de julho, é também uma boa demonstração da importância que o Partido está tomando na situação política nacional.

É ridícula porque a acusação se volta contra o único partido que defende o fim da polícia em todas as oportunidades; que trata essa reivindicação como central na situação política. E é bom ressaltar, o fim de todas as polícias, não apenas a militar.

Artigos Relacionados

Também é ridícula porque é justamente o PCO o único partido que defende aberta e incondicionalmente o direito de grupos de ação direta, como as realizadas pelos black bloc. Mais ainda, na manifestação anterior, do dia 3 de julho, o PCO e os black bloc foram alvos de ataques da imprensa golpista e de toda a direita raivosa – incluindo alguns esquerdistas de classe média – que os chamaram de “bandidos”, “vândalos” e outras coisas. E por que a direita fez isso? Justamente porque teme que a política radical tome conta das manifestações e isso coloque o regime político golpista em xeque.

A calúnia reproduzida por um setor autoproclamado anarquista de que justamente o PCO teria feito um acordo escuso com a PM para permitir a repressão só serve aos interesses daqueles que querem enfraquecer as alas mais radicais do movimento. É uma política que serve aos tucanos, em última instância.

São os tucanos que querem tomar conta dos atos para usá-los de acordo com seus interesses eleitorais em 2022, ou a “terceira via”, como dizem. Se as manifestações se radicalizam, tal manobra se torna inviável.

Por fim, a participação do PCO na referida reunião, muito diferente de ter o conteúdo de um acordo escuso como alguns mal-intencionados querem dar a entender, foi o exato oposto disso. A discussão nessas reuniões costuma ser ocultada de todos, justamente porque a PM e as organizações que têm livre entrada nas instituições não querem que o povo saiba o que está sendo acordado. O PCO, que foi convidado para pouquíssimas reuniões como essa, fez questão de tornar público o que está sendo discutido e se recusou a aceitar qualquer ingerência política da polícia nos atos.

A maioria dos anarquistas, que realmente tem interesse em fazer o movimento se desenvolver, cada um com seus próprios métodos, não vai cair nessa calúnia. Mas é sempre bom esclarecer o que está em jogo.

Para caluniar o PCO, precisa pegar senha, porque nessa fila está a direita tucana e a extrema-direita bolsonarista, a esquerda burguesa e pequeno-burguesa parlamentar.

Da parte do PCO, o Partido continuará defendendo incondicionalmente o direito de a juventude se revoltar e se recusa a fazer coro com os defensores do “pacifismo”, que são, em última instância, os defensores do regime político golpista.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.