Menu da Rede

Membro da Direção Nacional do PCO. Secretário de Agitação e Propaganda do Partido. Formado em Ciências Sociais.

  • Capa
  • Blogs
  • O “heroísmo” de UP e PCB

Ato no Consulado de Cuba

O “heroísmo” de UP e PCB

Os dois partidos que gostam de parecer combativos mostraram que sua combatividade não passa de puro discurso

“Cachorro que late, não morde”, esse ditado popular parece ser mais preciso na política do que no mundo animal, pelo menos no que se refere à política da esquerda pequeno-burguesa.

Estamos acostumados a presenciar muito discurso. No gogó, todo mundo é combativo e revolucionário, até o mais reformista e oportunista dos partidos de esquerda. Mas na hora “H” não é assim.

Mais impressionante são os grupos que se esforçam para parecerem mais radicais. O esforço visa a uma diferenciação com a esquerda reformista. Falam em revolução, em socialismo, alguns até falam em ditadura do proletariado, outros, mais ousados, falam em ação direta. Mas na hora do vamos ver, eles negam fogo, como se diz na gíria.

Na última segunda-feira (12), vários partidos e grupos da esquerda se reuniram em frente ao Consulado de Cuba em São Paulo contra a ameaça de gusanos golpistas aparecerem por lá. Todos os companheiros presentes estão corretíssimos.

Os gusanos que apareceram por lá foram poucos. Talvez 20 ou 30, no máximo. O objetivo da presença da esquerda no Consulado era proteger o local e botar a direita para correr, caso ela tentasse alguma coisa.

Alguns militantes foram para cima dos gusanos para impedi-los de chegar perto do prédio do Consulado, o que de fato aconteceu. Os gusanos são não levaram uma coça por dois motivos: havia algumas crianças entre eles, e a polícia estava lá. Mesmo assim, houve uns dois ou três arranca-tocos.

Enquanto isso, o que fizeram os grupos radiciais que se encontravam lá? Ficaram parados.

Depois de alguns discursos a favor de Cuba, eles preferiram manter a combatividade só no discurso mesmo. Do PCdoB, partido de caráter bastante oportunista e reformista, não dá para esperar muito coisa.

Mas estavam lá os pretensos revolucionários do PCB e da UP. E o que fizeram para expulsar os gusanos? Ficaram paradinhos na calçada.

Não mandaram nem mesmo alguns de seus militantes para atravessar a rua para compor a linha de frente do ato.  Quem estava lá sabe que se houvesse um pouco mais de gente na linha de frente, os gusanos teriam ido embora mais rápido.

Nós sabemos que a esquerda pequeno-burguesa, apesar de se dizer revolucionária, compartilha a ideologia pacifista pregada pela burguesia, bom exemplo disso é que são contra o armamento do povo. Mas não era preciso atravessar a rua para bater em ninguém, bastaria fazer pressão para que os gusanos fossem embora.

Os dirigentes de UP e PCB presentes ali argumentaram que não iriam atravessar a rua porque tinham que “guardar o Consulado”. O problema é que esse argumento não vale nada, afinal, existe melhor jeito de guardar o Consulado botando para correr os gusanos? Claro que não. Sem contar que não havia ninguém tentando se aproximar do prédio a não ser os poucos gusanos que estavam por ali.

Parece que o “heroísmo” e combatividade da esquerda que se diz revolucionária fica mesmo só no discurso. Se depender de uma ação mais efetiva, melhor não contar com ela.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.