Menu da Rede

Acompanhe o Programa de Índio, ao vivo, daqui a pouco

Roberto França

Professor de Geopolítica da Universidade Federal da Integração Latino-Amerina - Unila. Militante do PCO, colunista e redator no Diário Causa Operária, redator no Jornal Causa Operária

  • Capa
  • Colunistas
  • O Andes-SN e a manutenção do Golpe de Estado

Golpismo

O Andes-SN e a manutenção do Golpe de Estado

O Andes-SN está aguardando Lula ser eleito para deflagrar greve

“Marcha Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras reúne 15 mil em São Paulo” – SINDPPD-RS

Receba o DCO no Email

O Andes-SN é peça ativa do Golpe e de sua manutenção.

Abordarei esse tema em uma série de análises nesta coluna para o DCO, demonstrando a importância do Andes-SN para o Governo Bolsonaro, por servir como uma espécie de tampão ao movimento de massas, influenciando negativamente a luta estudantil. O tema da relação entre todos que atuam na Universidade foi bem demonstrado por Che Guevara durante a Revolução Cubana:

… a Universidade é a grande responsável do triunfo ou da derrota, na parte técnica, deste grande experimento social e econômico que está sendo realizado em Cuba. Iniciamos leis que transformam profundamente o sistema social imperante: foi liquidado, quase de uma vez, o latifúndio; foi mudado o sistema tributário; o sistema tarifário está a ser mudado; estão sendo criadas cooperativas de trabalho industriais; uma série de novos fenômenos que trazem aparelhados novas instituições está florescendo em Cuba. E todo esse imenso trabalho, nós iniciamos somente com boa vontade, com o convencimento de que estamos seguindo um caminho verdadeiro e justo, mas sem contar com os elementos técnicos necessários para fazer as coisas perfeitamente (Reforma Universitária e Revolução; Ernesto “Che” Guevara; 17 de outubro de 1959.

O trecho extraído de discurso do Che Guevara demonstra a importância da Universidade para a transformação da sociedade, e os esforços que vinham sendo realizados em Cuba, no processo da Revolução, a fim de superar o atraso imposto durante a ditadura de Fulgêncio Batista. Che deixa claro que a Universidade é ponto central para a vitória ou para a derrota de uma sociedade.

Ao contrário do que aconteceu após a Revolução Cubana, a universidade brasileira de hoje é reflexo da ditadura Bolsonaro (assim como daquela ditadura de Fulgêncio) e seu aparato burocrático aceita plenamente sua política, especialmente o Andes-SN, que deveria ser a vanguarda da luta, mas pratica uma das políticas mais pelegas do Brasil. A falta de investimentos públicos em pesquisa vem sendo substituída pelo “cala boca” chamado “ONG” e por empresas que utilizam “gratuitamente” os serviços públicos para promover patentes e novas tecnologias.

Nesse contexto de crise e de preocupação com o desenvolvimento das forças produtivas, temos dois sindicatos inoperantes para o desenvolvimento das universidades e para a luta dos trabalhadores: o Proifes (sindicato inexpressivo em termos de presença nas universidades), filiado à CUT, e o Andes-SN, filiado à CSP-Conlutas. O Proifes surgiu em 2004, um ano antes do Andes-SN, junto com PSTU e setores golpistas do PT que formariam o PSOL, se desfiliar da CUT.

Entre 2004 e 2005 a imprensa capitalista aprofunda os ataques contra Lula e o PT, com denúncias sobre o “escândalo do Mensalão”, que culminou depois com a Operação Lava-Jato e o Golpe de Estado de 2016. Nesse ínterim, as Universidades foram terrenos férteis para a burocracia estatal capitular da defesa das universidades e da luta contra o Golpe, pari passu ao crescimento do ensino público superior.

Isso pareceria uma contradição se não fosse o papel vexatório do Andes-SN. Em quatro anos e quatro meses de “governo neofascista” (chamado assim pelos burocratas estatais), não ocorreu nenhuma grande movimentação das massas, nem mesmo greves. Muito pelo contrário, a luta caminhou no sentido de reforçar os interesses do governo Bolsonaro, aprimorando o Ensino à Distância a fim de permitir a privatização das universidades públicas, utilizando-se como base estudos vindos de fora do país para trancar alunos, técnicos e professores em casa.

Muitos estudantes evadiram e a universidade corre riscos de privatização e fechamento de cursos, justamente pela política capituladora do Andes-SN, que foi força motriz do movimento #FiqueEmCasa, numa recriação do #EleNão e tantos outros movimentos identitários surgidos no seio da “luta sindical” do Andes-SN e cursos de “humanas”, cada vez mais falidos intelectualmente, reféns do Fórum Econômico Mundial.

Sabotagem e golpe de Estado

2015, um ano de grande mobilização do Andes-SN para derrubar o PT

O Andes-SN participou ativamente do golpe de 2016, utilizando todo seu aparato burocrático turbinado pela água do PSOL e PSTU, mobilizou duas grandes greves durante o governo Dilma Rousseff, a primeira em 2012 durou seis meses, sendo combustível para as jornadas de junho de 2013, e a segunda grande greve entre 2015 e 2016, a beira do golpe de Estado.

O fato do Andes-SN ter agido contra Dilma e não ter agido contra Bolsonaro expõe claramente suas intenções golpistas do passado e do presente, pois no último Congresso do Andes-SN, o 40º, a luta central foi o combate ao machismo entre outras pautas “regulatórias” (que pretendemos aprofundar aqui nesta coluna semanal) do funcionamento interno das instituições, enquanto o salário segue congelado e o patrimônio público sendo corroído pelo orçamento do governo ano após ano. Enquanto a inflação corrói os salários, a carga horária aumenta em função da ausência de concursos públicos. Alunos deixam a universidade por não acompanhar o ensino remoto e por diminuição de bolsas e auxílio.

O Andes-SN, controlado por filiados, militantes e simpatizantes majoritariamente de partidos como PSOL e suas sub-legendas como o PCB e UP, fazem do Andes-SN a quinta-coluna do movimento sindical e um bom “selvagem” do governo Bolsonaro, que deve rir com as marchas ao padrão “flash mob” realizados por esse pessoal (também será detalhado nas próximas colunas).

Diante da sabotagem conclamamos aos professores, estudantes e demais trabalhadores: contra o Golpe, Lula Presidente! (Excerto adaptado do nosso Manifesto levado ao 40º Congresso do Andes-SN)

O golpe de Estado promovido com ajuda do Andes-SN, e mantido com unhas e dentes, utilizando-se como linha auxiliar o peleguismo e a luta identitária, resultou em cortes orçamentários; perda de direitos dos trabalhadores; aumento da jornada de trabalho; redução da qualidade de ensino; quase extinção de concursos públicos para regime de dedicação exclusiva; ameaças de demissão aos trabalhadores; aumento do assédio moral vertical; reforma previdenciária; aumento da presença das fundações; atuação de organizações sociais; intervencionismo do governo, endividamento público para manter as universidades funcionando etc

Nossos salários, congelados há anos, chegaram aos mais baixos níveis de décadas, diante de uma inflação que não para de crescer neste momento, impulsionada pelo tarifaço dos combustíveis e pelo conjunto da política da direita de esfolar a população para garantir os ganhos de um reduzido grupo de tubarões capitalistas. Essas situações resultaram na degradação das condições de trabalho, ensino e aprendizagem,  em evasão e sofrimento de alunos e das comunidades que dependem da extensão universitária, bem como de suas pesquisas.

Por isso é preciso reconstruir a luta sindical de massas!  Reorganizar o trabalho a partir das universidades, construir um grande movimento nacional de oposição com atividades, boletins e construção de Comitês de Luta nas universidades. Com o objetivo de reconquistar o ANDES para os trabalhadores e impulsionar, junto com toda a esquerda classista, uma alternativa própria dos trabalhadores diante da crise histórica do capitalismo.

  • Por uma universidade popular, pública, de qualidade e democrática, sob o controle dos trabalhadores e de toda a comunidade;
  • Por mais verbas para a Educação. Verbas públicas somente para o ensino público;
  • Revogação de todas as “reformas” do regime golpista contra a Educação e o ensino público;
  • Fim dos vestibulares e do ENEM. Livre ingresso nas universidades;
  • Contra o reordenamento dos institutos federais;
  • Abaixo as “reformas” trabalhista, da Previdência e todas as medidas de ataques aos trabalhadores do regime golpista;
  • Contra o intervencionismo do Governo Federal nas gestões universitárias. Pela autonomia universitária plena;
  • Não à infiltração de Fundações e Organizações Sociais no ensino público.

Fora Bolsonaro e todos os golpistas! Lula Presidente, por um governo dos trabalhadores!

Pode ser uma imagem de 1 pessoa e texto que diz "SERINEL NACIONAL CMT EDUCADORES EM LUTA Pub cação itantes Simpatizantesd Boletim 230322 Andes Manifesto da Corrente Educadores em Luta 40° Congresso do Andes-SN a todos os docentes CHEGA SABOTAGEM DA LUTA SINDICAL DOCENTE GOVERNO popular adireita resultaram degradação aprendizagem, regime presidente, mgoverno detrabalhadores!". conosco autonomia LULAPRESIDENTE Bolsonaro governod golpistas! Lula rabalhado NOSSAS REUNIÕES das11h. 619641 1196352-"
Manifesto distribuído pelo companheiro Prof. Marcelo Batarce, do Coletivo Educadores em Luta, no 40º Congresso Nacional do Andes-SN, realizado em Porto Alegre entre os dias 28 de março e 1 de abril de 2022.

* A opinião dos colunistas não reflete, necessariamente, a opinião deste Diário

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais

Esquerda se junta à direita na defesa do sistema eleitoral

Esquerda desnorteada, pede que Moraes nos salve de Bolsonaro

Leandro Brugnago Denuncia a Ditadura do STF

Em Brasília, lotar as ruas como na Cinelândia e em Diadema

Depois de Jonhson, Biden será a próxima vítima da guerra?

Uma política para a CUT e os sindicatos diante do recorde de fome

É a fome!

alexandre moraes stf 913.jpg

O PCO não está só na luta pelas liberdades democráticas

STF fora do controle popular é ditadura!

10 mil contra 11

pm rj

Parar as chacinas, dissolver a Polícia

“Garimpeiro não é bandido, é trabalhador”

Os “amigos da onça” são uma ameaça contra Lula

A disputa  é pelo comando do golpe e não para impedí-lo

Ficou provado que “centrais de brinquedo” não mobilizam ninguém

Querem “roubar” o candidato dos trabalhadores

Romper a paralisia e reverter o fiasco do 1º de Maio

Policial não é trabalhador

Todos na rua, por Lula ou nada!

Revogar a reforma trabalhista tendo Alckmin à frente?

CSN, garis, professores x Conclat: dois caminhos, duas políticas

De São Paulo a Dubai, de Budapeste a Islamabad e de 1915 a 2022

O Brasil é favorito na copa?

Criminalização do nazismo é desculpa para incriminar o comunismo

Para arrancar os 33,24% convocar uma greve nacional da Educação

33,24% seminário

Doria e prefeitos armam golpe contra reajuste de 33,24%

lulajá

Não apoiar Lula por conta de seus aliados é um erro a ser evitado

Contra o golpe do reajuste de 0% para o piso dos professores

conferência sindical mesa

Conferência aprovou luta contra reformas e por Lula presidente

O golpe de Boulos e do PSOL contra o PT e em favor da direita

alckmin e doria firmam parcerias entre estado e município

Os ataques de Doria aos professores e o fracasso da frente ampla

Iniciar uma campanha militante e de massas em torno de Lula

Agora! Natália Pimenta no Pânico da Jovem Pan

Todos na Paulista: é Lula contra Bolsonaro e toda a direita

Petistas reagem à chapa com Alckmin e chantagem do PSB

Às ruas por Lula presidente com vice das lutas populares

ato paulista 7:11:21

Dia 12 é na Paulista por Fora Bolsonaro e Lula presidente

carteira vazia

Recessão e inflação: defender os salários com “gatilho”

alckmin e aceio paulista

Nós professores não queremos Alckmin. Nenhum trabalhador quer!

A esquerda que se opõe às ideias e à luta revolucionária

Contra o roubo dos salários, lutar pelo “gatilho salarial”

Unir já toda a esquerda e o povo por Lula presidente!

20 novembro

Neste sábado: abaixo o massacre do povo negro, Lula presidente!

Bloco Vermelho presta apoio a Cuba e convoca ato de solidariedade

“Plenária Vermelha”: uma vitoria contra a politica de capitulação

lula pco abc

Plenária Nacional do Bloco Vermelho agrupa contra a frente ampla

Mais de 150 assinaturas convocam Plenária Lula Presidente

cartaz plenária nacional

Dirigentes do PT, PCO, CUT e PCPB convocam Plenária Nacional

Aprender da derrota diante de Doria em SP

Servidores/SP: é preciso ir além da “pressão” parlamentar

Uma Plenária Nacional por Fora Bolsonaro e Lula presidente

A “esquerda” que luta contra a candidatura de Lula

“Centrais” golpistas atacam a CUT para defender carrascos do povo

PSOL decide não ter candidato mas não aprova apoio a Lula

Inflação dispara e mostra tendência geral de agravamento da crise

Fora todos os carrascos dos trabalhadores dos atos da esquerda!

Gilmar Mendes libera grandes empresas de pagar trabalhadores

Crise divide a direita e votação da “reforma” é adiada

BolsoDoria quer privatizar Sabesp, Petrobras e portos

Globo escancara o golpe da 3ª via e transmitirá primárias do PSDB

Quem vai deter Bolsonaro?

Dia 7/9, tomar as ruas contra a ditadura de Bolsonaro e Doria

BolsoDoria quer limpar o caminho para Bolsonaro desfilar

As lições do dia 18/8 e a mobilização de 7 de setembro

Por ruas ainda mais vermelhas, sem a direita, por fora Bolsonaro

Wilson Witzel depõe hoje na mais nova sessão da CPI da Covid

Direita manobra e mantém mecanismos ditatoriais mesmo sem LSN

1º de Maio na Sé: vitória da mobilização contra a paralisia

Mais um passo na privatização da CEF

Contra as demissões é preciso ocupar a LG

Presença de Lula ‘enfraquece’ a direita

Com Lula, por um governo dos trabalhadores

24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais

Esquerda se junta à direita na defesa do sistema eleitoral

Esquerda desnorteada, pede que Moraes nos salve de Bolsonaro

Leandro Brugnago Denuncia a Ditadura do STF

Em Brasília, lotar as ruas como na Cinelândia e em Diadema

Depois de Jonhson, Biden será a próxima vítima da guerra?

Uma política para a CUT e os sindicatos diante do recorde de fome

É a fome!

alexandre moraes stf 913.jpg

O PCO não está só na luta pelas liberdades democráticas

STF fora do controle popular é ditadura!

10 mil contra 11

pm rj

Parar as chacinas, dissolver a Polícia

“Garimpeiro não é bandido, é trabalhador”

Os “amigos da onça” são uma ameaça contra Lula

A disputa  é pelo comando do golpe e não para impedí-lo

Ficou provado que “centrais de brinquedo” não mobilizam ninguém

Querem “roubar” o candidato dos trabalhadores

Romper a paralisia e reverter o fiasco do 1º de Maio

Policial não é trabalhador

Todos na rua, por Lula ou nada!

Revogar a reforma trabalhista tendo Alckmin à frente?

CSN, garis, professores x Conclat: dois caminhos, duas políticas

De São Paulo a Dubai, de Budapeste a Islamabad e de 1915 a 2022

O Brasil é favorito na copa?

Criminalização do nazismo é desculpa para incriminar o comunismo

Para arrancar os 33,24% convocar uma greve nacional da Educação

33,24% seminário

Doria e prefeitos armam golpe contra reajuste de 33,24%

lulajá

Não apoiar Lula por conta de seus aliados é um erro a ser evitado

Contra o golpe do reajuste de 0% para o piso dos professores

conferência sindical mesa

Conferência aprovou luta contra reformas e por Lula presidente

O golpe de Boulos e do PSOL contra o PT e em favor da direita

alckmin e doria firmam parcerias entre estado e município

Os ataques de Doria aos professores e o fracasso da frente ampla

Iniciar uma campanha militante e de massas em torno de Lula

Agora! Natália Pimenta no Pânico da Jovem Pan

Todos na Paulista: é Lula contra Bolsonaro e toda a direita

Petistas reagem à chapa com Alckmin e chantagem do PSB

Às ruas por Lula presidente com vice das lutas populares

ato paulista 7:11:21

Dia 12 é na Paulista por Fora Bolsonaro e Lula presidente

carteira vazia

Recessão e inflação: defender os salários com “gatilho”

alckmin e aceio paulista

Nós professores não queremos Alckmin. Nenhum trabalhador quer!

A esquerda que se opõe às ideias e à luta revolucionária

Contra o roubo dos salários, lutar pelo “gatilho salarial”

Unir já toda a esquerda e o povo por Lula presidente!

20 novembro

Neste sábado: abaixo o massacre do povo negro, Lula presidente!

Bloco Vermelho presta apoio a Cuba e convoca ato de solidariedade

“Plenária Vermelha”: uma vitoria contra a politica de capitulação

lula pco abc

Plenária Nacional do Bloco Vermelho agrupa contra a frente ampla

Mais de 150 assinaturas convocam Plenária Lula Presidente

cartaz plenária nacional

Dirigentes do PT, PCO, CUT e PCPB convocam Plenária Nacional

Aprender da derrota diante de Doria em SP

Servidores/SP: é preciso ir além da “pressão” parlamentar

Uma Plenária Nacional por Fora Bolsonaro e Lula presidente

A “esquerda” que luta contra a candidatura de Lula

“Centrais” golpistas atacam a CUT para defender carrascos do povo

PSOL decide não ter candidato mas não aprova apoio a Lula

Inflação dispara e mostra tendência geral de agravamento da crise

Fora todos os carrascos dos trabalhadores dos atos da esquerda!

Gilmar Mendes libera grandes empresas de pagar trabalhadores

Crise divide a direita e votação da “reforma” é adiada

BolsoDoria quer privatizar Sabesp, Petrobras e portos

Globo escancara o golpe da 3ª via e transmitirá primárias do PSDB

Quem vai deter Bolsonaro?

Dia 7/9, tomar as ruas contra a ditadura de Bolsonaro e Doria

BolsoDoria quer limpar o caminho para Bolsonaro desfilar

As lições do dia 18/8 e a mobilização de 7 de setembro

Por ruas ainda mais vermelhas, sem a direita, por fora Bolsonaro

Wilson Witzel depõe hoje na mais nova sessão da CPI da Covid

Direita manobra e mantém mecanismos ditatoriais mesmo sem LSN

1º de Maio na Sé: vitória da mobilização contra a paralisia

Mais um passo na privatização da CEF

Contra as demissões é preciso ocupar a LG

Presença de Lula ‘enfraquece’ a direita

Com Lula, por um governo dos trabalhadores

Blogues

Esquerda se junta à direita na defesa do sistema eleitoral

Esquerda desnorteada, pede que Moraes nos salve de Bolsonaro

Leandro Brugnago Denuncia a Ditadura do STF

Em Brasília, lotar as ruas como na Cinelândia e em Diadema

Depois de Jonhson, Biden será a próxima vítima da guerra?

Uma política para a CUT e os sindicatos diante do recorde de fome

É a fome!

alexandre moraes stf 913.jpg

O PCO não está só na luta pelas liberdades democráticas

STF fora do controle popular é ditadura!

10 mil contra 11

pm rj

Parar as chacinas, dissolver a Polícia

“Garimpeiro não é bandido, é trabalhador”

Os “amigos da onça” são uma ameaça contra Lula

A disputa  é pelo comando do golpe e não para impedí-lo

Ficou provado que “centrais de brinquedo” não mobilizam ninguém

Querem “roubar” o candidato dos trabalhadores

Romper a paralisia e reverter o fiasco do 1º de Maio

Policial não é trabalhador

Todos na rua, por Lula ou nada!

Revogar a reforma trabalhista tendo Alckmin à frente?

CSN, garis, professores x Conclat: dois caminhos, duas políticas

De São Paulo a Dubai, de Budapeste a Islamabad e de 1915 a 2022

O Brasil é favorito na copa?

Criminalização do nazismo é desculpa para incriminar o comunismo

Para arrancar os 33,24% convocar uma greve nacional da Educação

33,24% seminário

Doria e prefeitos armam golpe contra reajuste de 33,24%

lulajá

Não apoiar Lula por conta de seus aliados é um erro a ser evitado

Contra o golpe do reajuste de 0% para o piso dos professores

conferência sindical mesa

Conferência aprovou luta contra reformas e por Lula presidente

O golpe de Boulos e do PSOL contra o PT e em favor da direita

alckmin e doria firmam parcerias entre estado e município

Os ataques de Doria aos professores e o fracasso da frente ampla

Iniciar uma campanha militante e de massas em torno de Lula

Agora! Natália Pimenta no Pânico da Jovem Pan

Todos na Paulista: é Lula contra Bolsonaro e toda a direita

Petistas reagem à chapa com Alckmin e chantagem do PSB

Às ruas por Lula presidente com vice das lutas populares

ato paulista 7:11:21

Dia 12 é na Paulista por Fora Bolsonaro e Lula presidente

carteira vazia

Recessão e inflação: defender os salários com “gatilho”

alckmin e aceio paulista

Nós professores não queremos Alckmin. Nenhum trabalhador quer!

A esquerda que se opõe às ideias e à luta revolucionária

Contra o roubo dos salários, lutar pelo “gatilho salarial”

Unir já toda a esquerda e o povo por Lula presidente!

20 novembro

Neste sábado: abaixo o massacre do povo negro, Lula presidente!

Bloco Vermelho presta apoio a Cuba e convoca ato de solidariedade

“Plenária Vermelha”: uma vitoria contra a politica de capitulação

lula pco abc

Plenária Nacional do Bloco Vermelho agrupa contra a frente ampla

Mais de 150 assinaturas convocam Plenária Lula Presidente

cartaz plenária nacional

Dirigentes do PT, PCO, CUT e PCPB convocam Plenária Nacional

Aprender da derrota diante de Doria em SP

Servidores/SP: é preciso ir além da “pressão” parlamentar

Uma Plenária Nacional por Fora Bolsonaro e Lula presidente

A “esquerda” que luta contra a candidatura de Lula

“Centrais” golpistas atacam a CUT para defender carrascos do povo

PSOL decide não ter candidato mas não aprova apoio a Lula

Inflação dispara e mostra tendência geral de agravamento da crise

Fora todos os carrascos dos trabalhadores dos atos da esquerda!

Gilmar Mendes libera grandes empresas de pagar trabalhadores

Crise divide a direita e votação da “reforma” é adiada

BolsoDoria quer privatizar Sabesp, Petrobras e portos

Globo escancara o golpe da 3ª via e transmitirá primárias do PSDB

Quem vai deter Bolsonaro?

Dia 7/9, tomar as ruas contra a ditadura de Bolsonaro e Doria

BolsoDoria quer limpar o caminho para Bolsonaro desfilar

As lições do dia 18/8 e a mobilização de 7 de setembro

Por ruas ainda mais vermelhas, sem a direita, por fora Bolsonaro

Wilson Witzel depõe hoje na mais nova sessão da CPI da Covid

Direita manobra e mantém mecanismos ditatoriais mesmo sem LSN

1º de Maio na Sé: vitória da mobilização contra a paralisia

Mais um passo na privatização da CEF

Contra as demissões é preciso ocupar a LG

Presença de Lula ‘enfraquece’ a direita

Com Lula, por um governo dos trabalhadores

Movimentos

Esquerda se junta à direita na defesa do sistema eleitoral

Esquerda desnorteada, pede que Moraes nos salve de Bolsonaro

Leandro Brugnago Denuncia a Ditadura do STF

Em Brasília, lotar as ruas como na Cinelândia e em Diadema

Depois de Jonhson, Biden será a próxima vítima da guerra?

Uma política para a CUT e os sindicatos diante do recorde de fome

É a fome!

alexandre moraes stf 913.jpg

O PCO não está só na luta pelas liberdades democráticas

STF fora do controle popular é ditadura!

10 mil contra 11

pm rj

Parar as chacinas, dissolver a Polícia

“Garimpeiro não é bandido, é trabalhador”

Os “amigos da onça” são uma ameaça contra Lula

A disputa  é pelo comando do golpe e não para impedí-lo

Ficou provado que “centrais de brinquedo” não mobilizam ninguém

Querem “roubar” o candidato dos trabalhadores

Romper a paralisia e reverter o fiasco do 1º de Maio

Policial não é trabalhador

Todos na rua, por Lula ou nada!

Revogar a reforma trabalhista tendo Alckmin à frente?

CSN, garis, professores x Conclat: dois caminhos, duas políticas

De São Paulo a Dubai, de Budapeste a Islamabad e de 1915 a 2022

O Brasil é favorito na copa?

Criminalização do nazismo é desculpa para incriminar o comunismo

Para arrancar os 33,24% convocar uma greve nacional da Educação

33,24% seminário

Doria e prefeitos armam golpe contra reajuste de 33,24%

lulajá

Não apoiar Lula por conta de seus aliados é um erro a ser evitado

Contra o golpe do reajuste de 0% para o piso dos professores

conferência sindical mesa

Conferência aprovou luta contra reformas e por Lula presidente

O golpe de Boulos e do PSOL contra o PT e em favor da direita

alckmin e doria firmam parcerias entre estado e município

Os ataques de Doria aos professores e o fracasso da frente ampla

Iniciar uma campanha militante e de massas em torno de Lula

Agora! Natália Pimenta no Pânico da Jovem Pan

Todos na Paulista: é Lula contra Bolsonaro e toda a direita

Petistas reagem à chapa com Alckmin e chantagem do PSB

Às ruas por Lula presidente com vice das lutas populares

ato paulista 7:11:21

Dia 12 é na Paulista por Fora Bolsonaro e Lula presidente

carteira vazia

Recessão e inflação: defender os salários com “gatilho”

alckmin e aceio paulista

Nós professores não queremos Alckmin. Nenhum trabalhador quer!

A esquerda que se opõe às ideias e à luta revolucionária

Contra o roubo dos salários, lutar pelo “gatilho salarial”

Unir já toda a esquerda e o povo por Lula presidente!