Menu da Rede

O modernismo em murais de Di Cavalcanti

  • Capa
  • Colunistas
  • Manifestação sem partido é preparação para o bolsonarismo

Manifestação sem partido é preparação para o bolsonarismo

Antipartidarismo é fascismo

– Foto: Reprodução

Receba o DCO no Email

A tática da burguesia para se infiltrar nas mobilizações populares que estão balançando o País é a política contra os partidos da esquerda. Por meio da propaganda do uso do verde e amarelo em contraposição ao vermelho nas manifestações procuram introduzir elementos de direita no seio da mobilização popular. 

Na tarde de ontem, por exemplo, o povo assistiu ao horror de elementos bolsonaristas, da extrema-direita nacional, discursarem ao lado de lideranças de esquerda. A entrega do “super” pedido de impeachment de Bolsonaro reuniu verdadeiros bandidos políticos, como Joice Hasselmann (PSL-SP), que já se definiu como “Bolsonaro de saia”, Kim Kataguiri (DEM-SP) do MBL e Alexandre Frota (PSDB-SP) a líderes de partidos da esquerda, como a presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, e outros presidentes partidários, do Psol, PCdoB, PCB etc.

A pressão da burguesia é evidente. Estão abertamente fazendo propaganda de que os atos estão esquerdistas demais, vermelhos demais. Dizem que é preciso baixar as bandeiras vermelhas e levantar a bandeira do Brasil. 

Essa tática não é uma novidade, mas já foi vista em 2013. Para quem nunca entendeu o que ocorreu em 2013 basta ver a campanha golpista atual para que a esquerda entregue a mobilização para os que colocaram Bolsonaro no poder. 

A propaganda vai se penetrando nas mobilizações por meio dos partidos de esquerda mais defensores da frente ampla. No último ato, em São Paulo, foi bem possível confundir o bloco do PCdoB ou do PCB com um bloco bolsonarista. A única diferença consistia em poucas bandeiras vermelhas misturadas com bandeiras do Brasil. 

Aqui se apresentam dois problemas, o primeiro se trata de que esses elementos direitistas como a Força Sindical nada tem a oferecer a mobilização, em outras palavras, são inúteis do ponto de vista de levar pessoas às ruas. 

As mobilizações estão ocorrendo apenas com a convocação da esquerda. 

Por outro lado, utilizar a bandeira do Brasil nos dias de hoje é se relacionar com os setores da extrema direita nacional. Não apresenta claramente o que essas pessoas defendem.

Hoje o verde e amarelo são as cores dos inimigos do Brasil. As cores daqueles que derrubaram o governo, deram o golpe de Estado e colocaram Bolsonaro no poder. A campanha contra os partidos, por sua vez, é fascismo.

Os elementos da esquerda que querem o verde e amarelo estão abrindo espaço para a direita controlar a mobilização popular. Neste sentido, colocar o movimento a reboque dos “filhotes” de Bolsonaro. 

Agora o ex-ator pornô deputado e a “Bolsonaro de saia” querem participar dos atos…pelo Fora Bolsonaro. Confundem a “orgia” que fazem com a frente ampla com o ânimo geral das mobilizações. 

É preciso deixar claro: não serão bem recebidos pelo povo. Se forem convidados, um conselho: não venham. 

Isto é, no dia 3 e 24 de julho, nada de verde e amarelo. A cor do povo e da luta é vermelha.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.