Menu da Rede

20211024150250 1635096648042 1 1 (1)

Cristiano Ronaldo chuta jogador. E se fosse Neymar?

  • Capa
  • Colunistas
  • Bolsonaro quer jogar 400 mil trabalhadores nas ruas

Questão Habitacional

Bolsonaro quer jogar 400 mil trabalhadores nas ruas

É preciso responder aos ataques de forma enérgica

Militantes do MNLN e PT em Araguaína-TO pedem fim dos milhares de despejos que tem ocorrido em todo o País – MNLM-TO, 2021

Receba o DCO no Email

De acordo com a Campanha Despejo Zero, que foi lançada durante a pandemia para combater o despejo de famílias de trabalhadores, seja no campo ou na cidade, mais de 84 mil famílias estão ameaçadas nesse exato momento de serem despejadas de seus lares em plena crise sanitária e econômica que tem assolado o país. São mais de 400 mil pessoas que correm o risco de serem jogadas no meio da rua, aprofundando ainda mais o caos social vivenciados pelas famílias proletárias e camponesas. Desde o início da pandemia, já foram despejadas 14.301 famílias.

No dia 04 de agosto de 2021, o governo golpista e fascista, resolveu vetar por completo o PL 827/2020, que versava sobre o impedimento de despejos até o fim da pandemia de coronavírus nas áreas urbanas. A bancada ruralista já havia tratado de vetar que o impedimento se estendesse para os trabalhadores rurais, provocando um esvaziamento do texto e da efetividade da lei.

O PL agora retorna para o parlamento burguês para que o veto presidencial seja avaliado. Certamente, o parlamento, que enrolou mais de um ano e meio para tramitar o PL, vai postergar ainda mais a tramitação. Pois esse parlamento, assim como todas a instituições estatais apodrecidas, é um ferrenho defensor dos interesses dos latifundiários e dos grandes monopólios imobiliários.

Já havia sido alertado que não deveríamos esperar qualquer medida em favor dos trabalhadores advinda da benevolência e da bondade da burguesia. Pensar que isso ocorreria era uma posição fantasiosa e que apenas serviria para confundir as bases dos sem-tetos. Nesse sentido, nos antecipamos e desmistificamos a demagogia burguesa, e também, as alucinações da esquerda pequeno burguesa e o seu espírito “bobo-alegre” imbecializado.

Apenas uma ampla mobilização de rua em âmbito nacional pode efetivar a derrubada do veto do governo fascista e retomar os investimentos em habitações de interesse social. O governo que levou à zero os investimentos em habitação, que fez crescer o déficit habitacional e que quer colocar 400 mil trabalhadores para morar na rua, não demonstra nenhuma sinalização de que vai compadecer em relação a situação dos sem teto. Logo, é preciso responder a esses ataques de forma enérgica. Do contrário, a situação vai seguir a tendência social de agravamento.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.