Gabriel Araújo

Dirigente Nacional do Movimento Nacional de Luta por Moradia (MNLM), editor da Tribuna do Movimento, colunista do Jornal Voz Operária, tecnólogo em Gestão de Cooperativas e militante de base do Partido dos Trabalhadores.

  • Capa
  • Colunistas
  • Bolsonaro lança Programa Habitacional: Minha Casa, Minha Milícia

Questão Habitacional

Bolsonaro lança Programa Habitacional: Minha Casa, Minha Milícia

Esse tipo de medida, para os trabalhadores sem-teto, é uma afronta

Agentes de Bolsonaro sequestram moradias populares – Fabiano Rocha, 2016.

Receba o DCO no Email

No dia 13 de setembro de 2021, o governo mais imbecil e antinacional que o país já teve, tomou mais uma medida idiota para agradar sua trupe de milicianos fascistas institucionalizados nos aparelhos de repressão do Estado. Bolsonaro lançou por meio de Medida Provisória o Programa Habitacional “Minha Casa, Minha Milícia”.

A medida ocorreu, como forma de agradar e conter o descontentamento de sua base social, após o poder executivo efetuar um recuo estratégico, depois de mostrar para a direita golpista que tem mesmo bala na agulha, ao colocar 125 mil fascistas nas ruas apenas em São Paulo.

Artigos Relacionados

O governo genocida, que zerou o orçamento para habitações de interesse social, criou esse programa Habite Seguro (Programa Nacional de Apoio à Aquisição de Habitação para Profissionais da Segurança Pública). O programa é voltado para agentes de segurança pública com os rendimentos brutos na casa de R$7 mil mensais. Ou seja, para a pequena burguesia e o oficialato, os grandes chefes milicianos.

Enquanto isso, o povo e os praças ficam chupando o dedo. Esses agentes da repressão são os mesmos que, através de suas milícias fascistas, expulsam e tomam as casas de trabalhadores beneficiários de Programas Habitacionais para pessoas de baixa renda. Basta pesquisar para verificar os milhares de casos.

Esse programa habitacional vem junto à redução na taxa de juros para habitação por parte da Caixa Econômica Federal. Só que isso ocorre em um momento quando o povo está privado de ter acesso aos programas habitacionais, que têm privilegiado apenas a pequena burguesia. Exemplo disso é o caso do chamado “Casa Verde e Amarela”, que é um verdadeiro fiasco.

O “Minha Casa, Minha Milícia” foi idealizado através do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP), com o objetivo de distribuir privilégios aos policiais e militares golpistas pelo trabalho de reprimir o povo e perpetuar o golpe. Sua criação foi realizada em um momento em que Bolsonaro e o GSI avaliaram que seria preciso conter sua base social fascista, porque a direita golpista de “sapatênis” já havia ficado intimidada e que seria melhor ir por uma via mais estável para as eleições em 2022. Pois Bolsonaro sabe que, no frigir dos ovos, essa direita de “sapatênis” vai pular no seu colo e tentar impor uma política neoliberal muito mais feroz do que estamos vendo hoje.

Esse tipo de medida, para os trabalhadores sem-teto, é uma afronta e revela que o governo não se sente intimidado, pois ele basicamente sequestra o patrimônio do povo, para comprar sua base social com essa medida.

É necessário dar uma resposta contundente nas ruas no dia 02/10 (Ato Fora Bolsonaro) em todo o país e no dia 05/10 (Ato da Jornada Nacional de Luta pela Moradia) em Brasília-DF com a Caravana dos Movimentos Populares Urbanos.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.