Menu da Rede

EUA empurram Kiev para provocações diretas contra Rússia

Eduardo Vasco

Jornalista especializado em política internacional. Colunista do Diário e do Jornal Causa Operária. Na Causa Operária TV, apresenta o Conexão América Latina às terças-feiras, o Correspondente Internacional às quintas, o Minta você mesmo às sextas e o podcast O Mundo em 1h às segundas. Apresenta ainda o programa Causa Operária, todas as sextas às 12h na Rádio Cultura de Curitiba AM 930.

Cresça e apareça

A e-girl do PCO e o retardado de Youtube

É assim que a esquerda pequeno-burguesa "responde" às posições do PCO

Identitário histérico “argumentando” contra o PCO – Foto: Aberração

Receba o DCO no Email

Ontem assisti a um dos vídeos mais ridículos de que me lembro. Um youtuber em situação degradante produziu um vídeo rebaixadíssimo de puras calúnias contra o PCO.

Utilizou como mote uma militante do Partido que faz sucesso em sua conta no Tik Tok.

O youtuber em questão, sem qualquer pudor, expôs vídeos da companheira, menor de idade, sem pedir qualquer permissão, com a única e exclusiva finalidade de atacá-la e também atacar o Partido.

Diz que a companheira não tem argumentos para sustentar as posições políticas do PCO. No entanto, ele não demonstra o que está dizendo. Pelo contrário, a partir desse gancho, recolhe algumas das posições mais polêmicas do Partido para “criticá-las”. Mas é incapaz de fazê-lo.

Um dos ataques ao PCO é por nossa defesa do Talibã. À nossa posição de que o imperialismo é o maior inimigo da humanidade e que, portanto, a vitória do Talibã no Afeganistão constituiu uma vitória de todos os oprimidos, responde que estamos errados. Dá um chilique, e só. Essa é a erudita e embasada crítica do pobre debiloide.

Mas, segundo ele, é a e-girl do PCO que não tem argumentos!

Para o youtuber de mente subdesenvolvida, o PCO tem posições iguais às de Bolsonaro. 

Por exemplo, a suposta defesa de Donald Trump pelo PCO. O cidadão que nos ataca utiliza o artigo “Obrigado, Trump” ─ de minha própria autoria ─ para dizer que apoiamos o ex-presidente americano. Provavelmente sequer leu o artigo, porque sua fonte é uma pseudorreportagem da Revista Fórum sobre esse artigo, na qual se deturpa completamente o seu sentido. Naquela oportunidade, eu respondi aos ataques caluniosos de Renato Rovai, um analfabeto político ─ e, como se constatou, funcional ─ que não entendeu que o título do artigo era uma ironia e que, por simples má-fé, ignorou o seu conteúdo. Não vou me dar ao trabalho de limpar outra bosta da sola do meu sapato. Prefiro jogá-lo fora de uma vez, porque seria me rebaixar muito querer explicar novamente o óbvio para uma parede. E a Aurora, nossa “militante mirim”, está dormindo no momento em que escrevo estas linhas.

O youtuber (não sei seu nome e não perderei meu tempo procurando algo tão insignificante) representa a esmagadora maioria dos “críticos” do PCO. Não sabe sequer discutir politicamente. Não tem condições intelectuais para traçar qualquer tipo de raciocínio. Vive de lugares-comuns e, na sua incapacidade de argumentar, busca ridicularizar nossas posições. Não percebe, no entanto (porque seria exigir demais de alguém como ele), que quem acaba caindo no ridículo é ele próprio.

Por fim, o nosso caluniador lembra que a companheira é muito jovem. Mas quem tem um comportamento não só juvenil e sim infantil, é justamente ele. Inclusive, se quiser realmente debater com alguém do PCO, ao invés de fazer palhaçadas na frente da câmera expondo uma companheira menor de idade, pode me chamar ou a qualquer militante do PCO. Debateremos com ele e se precisar podemos arranjar até uma lousa pra que fique tudo bem explicadinho e ele entenda. Mas para isso, não pode se borrar nas calças, como aparentemente ocorreu durante um de seus gemidos no vídeo (foto)!

Se nem mesmo em um monólogo o youtuber retardado consegue fazer mais do que relinchar, certamente não aguentaria cinco minutos de discussão com nossa e-girl, nem mesmo com a Aurora. Por isso recorre à tradicional histeria e ao sensacionalismo.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.