Menu da Rede

Chacina do Jacarezinho: 8 meses sem desfecho nas investigações

  • Capa
  • Economia
  • Sem auxílio ou salário, famílias fazem feira no cartão de crédito

Dívida de fome

Sem auxílio ou salário, famílias fazem feira no cartão de crédito

Arroz, feijão, óleo de soja, carnes. Todos produzidos no Brasil, se tornam dia após dia mais inacessíveis. O trabalhador é forçado ao crédito pelo regime golpista

Inflação nas feiras livres, local tradicional para comprar alimentos frescos. – Foto: Reprodução

Receba o DCO no Email

Com a alta generalizada dos preços, em todos os aspectos da vida, em todos os produtos necessários para a sobrevivência de uma família, os efeitos já chegam ao endividamento generalizado, e ao recurso constante ao crédito bancário, de maneira inevitável. No mercado e na feira, as compras são pagas no crédito. Caso prossiga, a política econômica do governo golpista de Jair Bolsonaro aprisionará o conjunto da população em dívidas impagáveis.

A inflação é crescente. Alimentos aumentaram e continuam a subir de preço todos os dias, o espanto com os preços no mercado virou rotina para o trabalhador. A destruição econômica e a entrega de todos os bens nacionais para fora levou à desvalorização do real, e a política do governo permite que os produtores exportem a produção, desabastecendo o mercado interno. Os preços sobem agudamente. 

Artigos Relacionados

Arroz, feijão, óleo de soja, carnes. Todos produzidos no Brasil, se tornam dia após dia mais inacessíveis. A carne já é produto de luxo, e o aumento chegou inclusive ao ovo, proteína mais barata, consumida como alternativa. Frente a isso, o cenário de fome é geral nas cidades, dezenas de milhões de pessoas em estado de insegurança alimentar pelo país que é um dos maiores exportadores de alimentos no mundo.

O governo não adota medida alguma para combater essa situação. Não há mais auxílio emergencial. O desemprego cresce junto com a fome e a inflação, e a política da direita golpista é privatizar, o que gera mais demissões e rebaixamento salarial. O salário mínimo, que já era muito insuficiente, hoje empalidece frente à inflação. É comum ouvir hoje de aumentos na casa dos 27%, 50%, 48%, 60%, 16%. Todos os combustíveis e a energia aumentaram absurdamente: gás, gasolina, luz elétrica. Mas a taxa de inflação, fraudulenta, aponta 9%. Isso ocorre num momento em que o salário mínimo não é mais reajustado no mínimo pelo valor integral da inflação. O reajuste será abaixo até da taxa fraudulenta de 9%, o salário mínimo hoje já não dá para nada, o trabalhador é sufocado e esmagado pela destruição da economia nacional, e isso irá piorar.

É importante colocar, essa não é a política apenas de Bolsonaro, é a política de toda a direita. É a política do PSDB, do golpe de 2016 que colocou Bolsonaro no poder. A política dos patrões, dos banqueiros, de BolsoDoria, dos generais, do STF. A única forma de sair dessa situação insuportável é derrubar todo o regime golpista de conjunto! Organizar os atos, as greves, organizar pelos direitos básicos da população contra o governo de fome e miséria! Fora Bolsonaro e todos os golpistas! Lula presidente! Por um governo dos trabalhadores!

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.