Menu da Rede

Rui Costa Pimenta agora tem coluna semanal no DCO

  • Capa
  • Economia
  • Pobres fazem fila para comprar ossos em caminhão no RJ

Fome se espalha pelo país

Pobres fazem fila para comprar ossos em caminhão no RJ

Desemprego, fome e miséria: esse é o plano do governo golpista

Foto registrada por Sônia Cupido de sua casa em Petrópolis – RJ – Foto: Sônia Cupido

Receba o DCO no Email

No dia 7 de outubro deste ano, quinta-feira, nas vésperas de um feriado, uma moça chamada Sônia Cupido fotografou de sua janela uma imagem chocante da atual realidade do povo brasileiro, uma imagem que denuncia a situação de fome e miséria que andam assombrando uma parte significativa da população. A imagem mostra uma fila enorme de pessoas esperando na frente de um caminhão frigorífico, próximo a um supermercado, para comprar ossos e restos de carne bovina.

A cena foi registrada no Rio de Janeiro, na cidade de Petrópolis. Ao registrar, Sônia publicou em suas redes sociais a sua reação assustada e se perguntando onde estariam os governantes. No caso, esses estariam surfando na onda do golpe que deixou quase 120 milhões de pessoas à beira da fome. A quem comentou que esse tipo de cena era cada vez mais comum, ela respondeu “Sim, já vinha acompanhando só que a cada dia a fila aumenta mais. As pessoas nunca prestaram atenção devida ao fato. Então fui tocada a fotografar e postar, talvez os políticos da nossa cidade vendo está cena façam um trabalho social para melhorar a qualidade de vida dessas pessoas”.

Artigos Relacionados

Desde o golpe de 2016, é crescente o número de desempregados e população em situação de fome e miséria. Dados atuais apontam que em setembro a inflação chegou a 1,20%, a mais alta para o período dos últimos 27 anos, com o Índice de Preços ao Consumidor (INPC) chegando a 10,78% nos últimos 12 meses, ou seja, um verdadeiro desastre, uma verdadeira decadência social e econômica para o país.

E não é apenas no Rio de Janeiro que isso acontece. Outras cidades do país também já registraram algo semelhante, como é o caso de Cuiabá, no Mato Grosso, que também foi flagrado com enormes filas para conseguir restos e ossos de carne e em Belém, no Pará, que formou fila para comprar restos de peixe. Essa é a política neoliberal de Jair Messias Bolsonaro (sem partido) e de toda a direita golpista.

Dito isso, o desemprego mantém-se em 14,8%, ou seja, são 15 milhões de pessoas desempregadas que se tem registrado. É um desastre que só pode ser combativo com uma severa política de tomada das ruas e a exigência da queda dos governos golpistas, um verdadeiro crime contra o trabalhador, que morre lentamente por fome em pleno século XXI. É preciso ir às manifestações e pedir pela queda do golpe, não há espaço para os cidadãos comuns que além da situação sanitária em que o país já vive com o COVID-19 e toda a demora para ter acesso à vacina, ainda precisa combater a fome e a miséria de um país em decadência.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.