Menu da Rede

iree

Funcionário do IREE vai ao psiquiatra

  • Capa
  • Cidades
  • No RJ, polícia usa pretexto de aglomeração para reprimir o povo

Auxílio emergencial

No RJ, polícia usa pretexto de aglomeração para reprimir o povo

No estado do Rio de Janeiro na manhã desta sexta-feira, 24 de abril, em diversos pontos a população foi forçada a forma longas filas na frente das agências da Caixa Econômica

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado –

Receba o DCO no Email

Com o desenvolvimento das crises econômica e sanitária provocada pela pandemia do covid-19, a classe trabalhadora foi colocada em situação de desamparo. No estado do Rio de Janeiro na manhã desta sexta-feira, 24 de abril, em diversos pontos a população foi forçada a forma longas filas na frente das agências da Caixa Econômica Federal, na esperança de receber o pagamento do auxílio emergencial muitos pernoitaram na fila.

Na zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro, em Bangu houver princípios de convulsão social dos populares desesperados à espera de atendimento e a polícia militar fascista do Wilson Witzel prontamente foi reprimir os populares. Ou seja no momento de maior necessidade e fragilidade o estado burguês tirar tudo dos trabalhadores, deixando para estes apenas desespero e repressão, essa é a política do Witzel do Partido Social Cristão de Bolsonaro e de todos os políticos burgueses do “centrão”.

Entre o público que aguardava o atendimento para o recebimento do auxílio estava a diarista Geralda. Ela esperava na fila desde às 16h do dia anterior. Para ela o benefício aparecia como liberado no aplicativo, mas não houve o crédito dos valores em sua conta. Geralda afirma, “Já estou vivendo à base de cesta básica, me deram uma cesta básica. Alimento na minha casa ainda tem, mas pagar as contas não está tendo”, realidade que representa a situação de expressiva parcela da população trabalhadora.

Na fila também estava Carlos Santiago, ele estava aguardando desde as 9h do dia anterior e havia pernoitando em um papelão. Ele estava guardando a vez no atendimento para a sua sogra. Segundo o mesmo “Eu não consegui dormir. A gente só cochila.”

Os capitalistas após retirarem trilhões dos trabalhadores no meio de uma pandemia, resolveram entregar uma esmola para afim apenas de evitar-se revolta popular. Todo o orçamento reservado para para atendimento do auxílio emergencial a população não chegar a ser um troco, se comparado ao que foi repassado aos banqueiros e grandes capitalistas. 

Com condições inacessíveis a uma expressiva parte menos organizada da população trabalhadora, por necessitar aplicativo e situação regular do CPF. Houve ainda uma espera injustificável que gerou memes “em análise”. 

Aos que conseguiram superar todos esses empecilhos, encontraram dificuldades no pagamento, atendimento bancário tendo que enfrentar situações degradantes e caso manifestem seu descontentamento tem que suportar a repressão da polícia e outros agentes do fascistas do Witzel.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.