Menu da Rede

enem 1 (1)

Principais vestibulares têm grande queda de inscrições

  • Capa
  • Cidades
  • Capital do país sofre com falta de leitos de UTI

Distrito Federal em Crise!

Capital do país sofre com falta de leitos de UTI

Governador do Estado permite que mais de 290 pessoas esperem em filas por vagas de UTI por conta de sua própria incompetência.

Ibaneis Rocha e Jair Bolsonaro, executores da política golpista e responsáveis por mais de 300 mil mortes no país. – Foto: Reprodução.

Receba o DCO no Email

Segundo a última atualização do portal InfoSaúde, do GDF, o Distrito Federal tem 19 pacientes direcionados para cada 1 (um) leito de UTI e oito transferidos entre UTI’s. Com a taxa de transmissão do COVID-19 em 0,92 – em que 100 pessoas podem infectar outras 92 –, divulgada neste último sábado (3) pela Secretaria de Saúde (SES-DF), o Distrito Federal contabiliza, agora, 291 pacientes na fila de espera por um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do novo coronavírus. A informação é do site InfoSaúde, do GDF, que atualizou os dados às 23h15 do sábado (4).

É assustador, em última análise, pensar que a região – que é capital do país – atingiu este patamar de desespero e desamparo simplesmente por conta da política do governador bolsonarista e golpista Ibaneis Rocha, que chegou ao ponto de permitir que não existam mais vagas de UTI’s disponíveis para a população. Ao mesmo tempo, o governador vem, por diversas vezes durante a pandemia, privilegiando empresários locais. Pouco tempo atrás, inclusive, Ibaneis anunciou que seriam reabertos os restaurantes comunitários de Brasília e voltariam os atendimentos presenciais nos CRAS (Centros de Assistência Social). São medidas como essas que colocaram em risco, principalmente, a população mais pobre e vulnerável do País

O fato de que faltem UTI’s em plena capital do País é resultado deste modo de agir do governador que, em nenhum momento, pensou em tomar medidas realmente efetivas no combate ao coronavírus no DF. Agora, para receber atendimento especializado no tratamento da doença, 19 pessoas infectadas ou com suspeita de covid-19 foram direcionados para um leito de UTI. Mas, apenas oito estão na lista de transferência entre unidades de terapia intensiva, no DF.

Os pacientes mais velhos na fila de espera têm 62 anos (11 pessoas) e 74 anos (também 11). Entre os mais jovens, oito pessoas com 49 anos e outras oito com 51 aguardam na fila de espera por um leito de UTI. Entre os que têm 36 anos de idade, seis aguardam por um atendimento contra a covid-19. Não podemos aceitar esse tipo de política enquanto morrem mais de quatro mil pessoas por dia no país. É necessário lutar nas ruas contra essa política genocida.

Em uma outra ocasião, em uma atitude verdadeiramente ditatorial, Ibaneis Rocha (MDB), governador do Distrito Federal, decretou o fechamento da Esplanada para manifestações. Foi proibido o trânsito de veículos e determinado o acesso aos prédios apenas por autoridades. A princípio, o decreto poderia se apresentar a olhares inocentes com a feição de “defesa da democracia”, visto que, para se justificar, se valia da “presença ameaçadora” do grupo fascista “300 do Brasil “que, além de provocarem “preocupações sanitárias” (já que muitos de seus membros se recusam a usar máscaras e não tomam medidas de proteção e contenção de contágio), passaram a ameaçar de invasão os p´redios públicos, após terem seu acampamento desmobilizado por operação do governo. Apesar de apresentarem um “sentido defensivo” contra as manifestações de apelo antidemocrático e alucinadas levadas adiante pelo grupo em questão, vejamos que o cenário e as medidas do governo, desde aquela época, já continham um claro oportunismo e uma armadilha política. Não podemos aceitar esse tipo de atitude em hipótese alguma, Nas ruas enfrentaremos todos os golpistas!

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.