Menu da Rede

Venezuela e China vão ampliar cooperação científica e tecnológica

  • Capa
  • Cidades
  • Cortes deixam Farmácia de Minas sem 20 medicamentos

Fora todos os golpistas!

Cortes deixam Farmácia de Minas sem 20 medicamentos

Sofrimento é resultado da política neoliberal

Farmácias do SUS lotadas em MG – Foto: ICTQ – Instituto de Ciência Tecnologia e Qualidade

Receba o DCO no Email

A falta de medicamentos nas farmácias do SUS é matéria corriqueira na grande imprensa golpista e apoiadora do governo Bolsonaro. Em Minas Gerais, é apresentada uma lista de mais de 20 medicamentos em falta há mais de um mês, conforme matéria do portal igualmente golpista G1

Entre eles estão os de uso continuado, de alto custo e também os corriqueiros. O abastecimento é feito principalmente pelo governo federal, que, em conjunto com as autoridades locais, está promovendo um massacre da população.

Em Brasília, por exemplo, o jornal Correio Braziliense relata que pacientes reclamam de longas filas e falta de medicamentos essenciais. A Secretaria de Saúde do governo do Distrito Federal informou a falta de 51 medicamentos dos mais de 200 oferecidos e que destes 36 são de responsabilidade do governo federal de Bolsonaro.

Já o jornal Senado Notícias informa que a falta de medicamentos para intubar pacientes com Covid levou a um projeto de lei para criar um sistema centralizado para acompanhar as compras e distribuição de medicamentos à população nos estados.

Lembremos que a falta desses medicamentos levou à morte de inúmeros pacientes, que foram a óbito não pela Covid, mas pela falta de terapia de oxigenação, coisa extremamente irresponsável e grotesca contra a população. 

O povo vem sofrendo com a falta de medicamentos há tempos, em meio à pandemia apenas piorou, e os governos federal, estadual e municipal cortam verbas do SUS sistematicamente ao invés de aumentar os recursos para o sistema.

Enquanto isso, o povo trabalhador fica sem medicamentos para sobreviver aos transplantes recebidos, para o controle de doenças graves e outros tipos, como os de medicamentos de alto custo, inacessível para a maior parte da população.

A falta de medicamentos acaba piorando a doença, reduz a expectativa de sobreviver e ainda afeta o estado psicológico levando a maior número de pacientes e sem expectativa de fazer o tratamento adequado.

Essa irresponsabilidade criminosa dos governos, principalmente de Bolsonaro, faz com que a população fique cada vez mais à mercê da política genocida patrocinada pelo regime golpista. 

Com isso, a saída mais viável para os trabalhadores será ir às ruas contra esses governos que só socorrem as empresas e o grande capital monopolista, deixando à míngua, sem remédios e sem emprego a grande massa popular. É preciso impulsionar mobilizações como as que ocorrerão no dia 18 de agosto, tomando as ruas pela derrubada do governo.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.