Menu da Rede

Lula presidente estará nas ruas dia 12 de dezembro em SP

  • Capa
  • Cidades
  • 90% acham o valor do Auxílio Emergencial muito baixo

Auxílio: Nem esmola é

90% acham o valor do Auxílio Emergencial muito baixo

Nas contas do governo o povo não existe e não existe motivo para auxiliar

Crianças no sinal pedindo esmola – Foto: Reprodução

Receba o DCO no Email

Para 90% da população brasileira que recebeu o auxílio emergencial em 2020, o valor de 150,00, 250,00 ou 375 reais é insuficiente.

A pesquisa do site PODER360 ouviu por telefone cerca de 3.500 pessoas em todo país.

Apesar das realidades distintas em termos de custo de vida nas diversas localidades e regiões do Brasil o valor é quase que insignificante, mesmo o valor maior (375,00) pago a mulheres chefes de família.

Não é preciso ser nenhum especialista econômico para saber que esses valores são menos que uma esmola, considerando os trinta dias de cada mês.

Para definir o quanto cada um receberá o governo estabeleceu os seguintes critérios:

Auxílio Emergencial de R$ 150: Será pago para trabalhador que reside sozinho;

Auxílio Emergencial de R$ 250: Será pago aos casais com ou sem filhos;

Auxílio Emergencial de R$ 375: Será pago às mulheres chefes de família.

Uma conta rápida:

R$150,00 dividido por 30 resulta no valor de R$5,00 por dia

R$250,00 dividido por 30 resulta no valor de R$8,33 por dia

R$375,00 dividido por 30 resulta no valor de R$12,50 por dia

Considerando que a grande maioria não tem outra fonte de renda a não ser o auxílio emergencial, podemos ver que o valor é muito menos que uma esmola.

O valor pago anteriormente, de R$600,00 já era uma esmola, façamos as contas:

R$600,00 dividido por 30 resulta em R$20,00 por dia;

Para as mulheres chefes de família o valor era pago em dobro, onde a maioria dessas famílias é composta de no mínimo 4 pessoas, aí teríamos os seguintes valores:

R$1.200,00 dividido por 30 resulta em R$40,00 por dia.

Considerando a média das famílias brasileiras que é de 4 pessoas, o valor de R$1.200,00 reais pagos às famílias chefiadas por mulheres, o inverso também é muito presente, daria um valor de R$10,00 por pessoa.

Agora consideremos o maior valor a ser pago em 2021 para a mesma situação acima, famílias chefiadas por mulheres e com a média de 4 pessoas por família:

R$375,00 divididos por 30 dias igual a R$12,50, dividido por 4 membros da família daria R$3,12.

Como podem ver nas contas simples, salvo se a matemática tiver mudado e se critérios esotéricos forem adotados, uma mãe de família terá que sobreviver com o espantoso valor de R$3 reais por dia, os 12 centavos não compram uma bala.

De fato a população não tem nenhum auxílio, e vão passar fome; na realidade, já estavam passando.

Não temos o número de pessoas que morrerão de fome durante a pandemia, e não iremos saber, pois não haverá censo ou pesquisa que possa apurar esses fatos de forma confiável, ainda mais nesse governo.

Se a população for para o sinal de trânsito e pedir esmolas consegue valores bem superiores a esse, e Bolsonaro e sua equipe econômica considerou que o povo irá pedir esmolas em sua planilha de custos.

Ou seja, se toda a população for para o sinal, realmente nem é preciso pagar o auxílio…vejam como ele é bom.

Detalhe é que não há sinal luminoso suficientes e nem cidades onde eles existam e a situação de quem esta dentro do carro é quase a mesma de quem está fora, como pedinte.

Nas contas do governo o povo não existe e não existe motivo para auxiliar.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.