Veja quem são os principais candidatos do PCO no Sul do País

Pandemia

Política genocida: contaminação em massa na P-52 da Petrobras

Trabalhadores da Petrobras dormem fora do casario da Plataforma da P-52 devido ao surto de covid-19 e revela, mais uma vez, o tratamento dispensado dos golpistas aos funcionários

P-52 – Foto: Reprodução

Receba o DCO no Email

Conforme denunciado pelas entidades de luta dos trabalhadores da Petrobras, Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense (Sindipetro-NF) e a Federação Única dos Petroleiros (FUP), os operários da Plataforma P-52, localizada na Bacia de Campos, no estado do Rio de Janeiro, apresenta um surto de Covid-19 e, para “proteger” os trabalhadores, a direção golpista da Petrobras determina que os mesmos devem dormir na área externa do casario da plataforma.

Além disso, os dirigentes sindicais denunciam que a situação não é um caso isolado, e que outras unidades, tanto no Rio de Janeiro, quanto no Espirito Santo, apresentam trabalhadores infectados que permanecem a bordo, e os embarques e desembarques dos operários permanecem na mesma rotina, como se tudo estivesse em plena normalidade.

Os últimos dados, da contaminação na estatal, não deixam um pingo de dúvida em relação à política da direção da empresa, contra os trabalhadores e da população em geral: o lucro a qualquer custo.

Dados atualizados mostram que na Transpetro, subsidiária da Petrobras, foram confirmados 257 casos de Covid-19, resultado da expansão da variante Ômicron, no mês de janeiro, esses números somam-se a mais de 1,5 mil infectados na Petrobrás, entre os trabalhadores próprios, e cerca de 3 mil de trabalhadores terceirizados.

Esses números, não são uma novidade na empresa. Desde o começo da pandemia, a direção não ofereceu as mínimas condições de proteção sanitária aos seus funcionários e, tudo isso para satisfazer os interesses de meia dúzia de capitalistas, que lucram com as ações da petroleira nas bolsas de valores, brasileira e de Nova York. Os sindicatos da categoria, conjuntamente com a FUP, desde 2020, propõem um conjunto de proposta como medidas para a redução nos riscos de contaminação, tais como, garantia de testes e de máscaras de qualidade, fim da quarentena de pré-embarque nos hotéis, escala que mantenha em 14 dias o embarque, etc., mas a empresa sempre deu as costas para as reinvindicações e, o resultado são dezenas de milhares de trabalhadores infectados, com um grande número de mortos, sabe-se lá quantos, já que os números de óbitos na categoria são guardados a sete chaves pela direção da empresa. A política de descaso da direção da Petrobrás não recai somente entre os trabalhadores; há dados, que não são computados, em relação à população das cidades onde os petroleiros são desembarcados, contribuindo com a contaminação nessas localidades.

Diante dessa gravíssima situação é necessário, por parte das direções sindicais, organizar, imediatamente, uma gigantesca mobilização de toda a categoria, através dos métodos tradicionais de luta da classe trabalhadora (greves, ocupações), contra a política genocida da empresa. Pelo imediato cumprimento rigoroso das escalas, turnos e jornadas em todas as unidades, em terra e mar, de todas as medidas sanitárias, como testes, máscara de qualidades, que devem ser trocadas a cada 4 horas de uso, dentre outras medidas de segurança. Somente uma luta efetiva dos trabalhadores pode barrar a ofensiva reacionária da direita golpista da direção da Petrobras, a mando do governo ilegítimo de Jair Bolsonaro.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.