Paulo guedes

Ministério de Paulo Guedes acumula perda de 16 auxiliares

Caixa Econômica Federal

Novo leilão da Lotex é parte da política de privatização

Leilão Lotex

Caixa 100% pública –

Receba o DCO no Email

O governo golpista/ilegítimo de Bolsonaro, através do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), divulgou mais uma tentativa de leiloar a Loteria Instantânea Exclusiva (Lotex) da Caixa Econômica Federal, agendada para o próximo dia 22 de outubro.

É a sexta tentativa do governo entreguista e capacho do governo norte-americano de entregar o patrimônio do povo brasileiro, a preço de banana, para os capitalistas, principalmente os internacionais.

O preço mínimo nos primeiros leilões era de R$ 1,2 bilhões (que já era uma micharia). Com as tentativas frustradas de leilão, passou para R$ 642 milhões e, agora, o preço mínimo passou para míseros R$ 542 milhões.

A tentativa de entregar a Lotex, além de entregar de mão beijada um dos setores de maior rentabilidade da Caixa, chegando a ter um faturamento anual de mais de R$ 12 bilhões, abre o caminho para a direita golpista colocar em prática a privatização do banco e entregar outros setores para os banqueiros privados nacionais e internacionais, tais como os recursos do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), recursos esses que passam de R$ 300 bilhões, a Caixa Seguridade, Cartões etc.

Com a entrega da Lotex, fatalmente cessarão os repasses de recursos das loterias para os programas sociais, destaque para o Fies (Programa de Financiamento Estudantil), (FNC) Fundo Nacional de Cultura, Funpen (Fundo Penitenciário Nacional), e para a área do esporte nacional: Comitê Olímpico Brasileiro, Comitê Paraolímpico Brasileiro, clubes de futebol e Confederação Brasileira de Clubes.

É necessário ter bem claro que os ataques à Caixa Econômica Federal é parte de um dos fundamentos do golpe de estado. Diversas empresas estatais estão passando pelo mesmo processo: Banco do Brasil, Petrobras, Correios, Eletrobrás, Serpro, Dataprev, Casa da Moeda etc., que estão na mira dos golpistas para a privatização. A entrega de todo o patrimônio nacional é a política do governo de total submissão aos países imperialistas, principalmente o imperialismo norte-americano, principais articuladores do golpe.

Para por fim à política entreguista, é necessário uma palavra de ordem que unifique todos os trabalhadores das empresas estatais, os demais trabalhadores e toda a população em geral, que passa fundamentalmente por derrubar um governo que foi fruto de um golpe de estado no país. Fora Bolsonaro e todos os golpistas, Eleições Gerais, Liberdade para Lula, Lula Candidato.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.