Doria desiste da candidatura à Presidência da República

Em defesa dos direitos básicos

Eletronorte: categoria decreta greve em defesa do plano de saúde

Trabalhadores da Eletronorte decretam greve após aumento nos cusos dos planos de saúde

Trabalhadores da Eletronorte decidem decretar greve por tempo indeterminado – Foto: Reprodução / STIU-DF

Receba o DCO no Email

Trabalhadores da Eletronorte decidiram aderir a greve geral dos trabalhadores da Eletrobrás.

O principal motivo da deflagração da greve na Eletronorte é o encarecimento do plano de saúde, que passou do sistema de financiamento 10/90 (10% dos funcionários e 90% da empresa) para 40/60, que eleva o valor do plano de R$210,00 para cerca de R$1.200,00.

Mas existem outros motivos que vem se acumulando ao longo do tempo, tal qual o não pagamento da PLR de 2018,2019 e 2021, falta de equipamento EPI, jornadas de trabalho abusivas, falta de testagem dos trabalhadores contra COVID-19, entre outros mais.

A greve ficou prevista para ser deflagrada a partir de 0:00 hora do dia 24 de janeiro de 2022, e foi decidida com o apoio em assembleia de cerca de 84% da categoria.

Seguindo a orientação do governo golpista de Jair Bolsonaro não foi aberto nenhum canal de comunicação com os trabalhadores, e a direção da empresa ignora os pedidos de reunião feitos pelo sindicato da categoria.

O motivo da greve para quem olha de fora pode parecer insignificante, mas para os trabalhadores não é, já que desde que o golpe de estado foi dado em 2016 uma série de ataques aos direitos básicos dos trabalhadores vem sendo feito.

O não reajuste dos salários ao longo dos anos faz com que qualquer alteração nos direitos conquistados ao longo de décadas cause um alto impacto nos custos de sobrevivência dos trabalhadores de qualquer setor, principalmente diante de uma inflação em alta a cada mês.

Atacar os direitos dos trabalhadores especializados causa enorme dano a toda massa operária brasileira.

Nesse sentido os trabalhadores do setor devem intensificar o movimento, buscando a adesão de outras empresas e ao mesmo devem aderir ao movimento para decretação de uma greve geral por tempo indeterminado.

A única forma de brecar a perda de direitos e retomar os que foram perdidos e conquistar novos é ter unidade na luta.

Realizar assembléias, discutir com os trabalhadores e fazer piquetes nas sedes das empresas.

É preciso deixa claro para o povo em geral que o motivo da greve é justo e que a culpa da situação atual é do governo fascista de Jair Bolsonaro e da burguesia nacional e imperialista que o sustenta e isso conforme as pesquisas demonstram já esta bem claro para o povo.

As notícias da greve praticamente não existem na impressa burguesa, usando a mesma tática de sempre vão usar o argumento de que sempre estiveram a disposição para conversar e que não sabiam das reivindicações, pauta pronta para a impressa burguesa.

Os sindicatos de outras categorias devem apoiar o movimento e se somar ao movimento grevista para que a pressão sobre o governo e as empresas os obrigue a negociar.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.