Candidato do PCO concede entrevista à Rádio Cultura de Curitiba

  • Capa
  • Educadores
  • PSOL apoia Doria e defende fim da greve dos professores

"Só tem arrego!"

PSOL apoia Doria e defende fim da greve dos professores

PSOL e PSTU votam contra a mobilização dos professores, que lutam contra a volta às aulas no meio de uma pandemia genocida

Corrente do PCO, Educadores em Luta defende atos de rua contra o genocídio – Foto: Apeoesp/Fotos Públicas

Receba o DCO no Email

Terminaram, no começo da tarde de hoje (19), as assembleias regionalizadas do Sindicato dos Professores da rede estadual (APEOESP), com a participação de cerca de mil professores, realizadas de forma virtual.

A maioria das assembleias deliberou por ampla maioria pela continuidade da greve e, pela primeira vez, desde o seu começo, duas semanas atrás, foi aprovada a realização de um ato-caminhada-carreata, na próxima semana, na Avenida Paulista, unificada com os trabalhadores da Educação do Município de São Paulo.

Artigos Relacionados

Houve oposição em apenas uma das três assembleias regionalizadas, a do Bloco 2 – da Capital e Grande São Paulo, onde se agrupou uma maioria de subsedes dirigidas pela ala da diretoria que se reivindica como oposição (mesmo estando na direção da APEOESP há mais de 20 anos), e que é liderada por militantes do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), mais especificamente, pela ala do PSOL oriunda do PSTU, chamada de Resistência.

Estes se opuseram à greve desde antes do seu começo, trabalharam para sabotar a mobilização (defendendo em várias regiões que os grevistas deveriam voltar ao trabalho e assinar o ponto nesta segunda semana de greve). Nesta empreitada pelega, os psolistas foram apoiados pelo PSTU/Conlutas e outros pequenos grupos.

Depois de duas semanas, sem apresentar quaisquer propostas de mobilização, em favor da greve, de não publicarem um único boletim, não organizarem nenhum ato contra a política criminosa do governo, o PSOL apresentou – em todas as regiões do Estado – a defesa do fim da mobilização que é a única arma dos trabalhadores da Educação para evitar a ampliação do genocídio de Doria, Covas e Cia. contra os educadores.

Saiba mais sobre as assembleias e sobre a continuidade da greve assistindo ao programa Comando de Greve, às 20h, na Causa Operária TV.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.