O Congresso do PCO é o inverso do que ocorre nos outros partidos

Aluna desmaia em escola do Rio

Alunos estão desmaiando de fome nas escolas

Esse desemprego atinge em cheio  nossos alunos, pois isso reflete diretamente nossos alunos, na falta de alimentos para eles e também a evasão escolar.

Sem perspectivas – Foto: Reprodução

Receba o DCO no Email

Essa semana veio a público o relato de uma professora do Rio de janeiro que sua aluna desmaiou de fome durante as aulas. A menina de apenas 8 anos chegou na escola atrasada, a professora notou que sua mão estava um pouco fria para um dia quente, percebendo a fome da menina foi pegar um lanche na bolsa, porém não deu tempo a aluna desmaiou.

Infelizmente esse episódio é algum comum nas escolas públicas do país, pois estamos vivendo um período de desemprego que está batendo recordes, o país soma quase 15 milhões de desempregados, e a inflação sobre os alimentos acumula alta de mais de 13% em 12 meses, como aponta o IBGE.

Esse desemprego atinge em cheio  nossos alunos, pois isso reflete diretamente nossos alunos, na falta de alimentos para eles e também a evasão escolar, porque muitos deixam a escola para trabalhar e ajudar no sustento da família.

Há direita dita científica, que tem seus expoentes o PSDB e o MDB, que aprovaram a PEC do Teto, que nega merenda para os professores, que realizou o golpe de 2016 para liquidar com os direitos trabalhistas, aumentar os descontos dos contribuintes. O golpe veio pra eliminar com o povo pobre e trabalhador.

Isso é percebido com o aumento da fome entre os estudantes, agora sua esmagadora maioria vai pra escola para fazer a única refeição do dia para muitos alunos, algum triste e revoltante, pois o Estado precisa garantir a alimentação para o seu povo, porém segundo a ONU, o Brasil atualmente mais de 20,6% dos lares brasileiros sorem com a fome crônica.

A direita dita pensante tem promovido há fome no Brasil durante muitas décadas, atualmente com a alta da inflação e o achatamento dos salários os trabalhadores não estão conseguindo alimentar seus filhos, os alunos já chegam na escola sem o café da manhã e os que estudam durante o período da tarde, sem almoço, isso afeta diretamente o rendimento dos alunos, diminui a concentração na hora do aprendizado.

Diante da situação é preciso sair as ruas contra esse governo genocida, que tem matado a população de fome, com o desemprego galopante e o aumento da inflação, o povo não consegue nem comprar os itens básicos para a sobrevivência.

É preciso que os sindicatos, os representantes dos trabalhadores, escolas, comunidade escolar sair as ruas contra essa política genocida e de terra arrasada promovida pelos golpistas. Fora Bolsonaro e todos os golpistas e Lula Presidente

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.