Google e Twitter questionam Moraes de bloquear perfis do PCO

Contra o golpe

24ª Conferência Nacional dos Bancários aprova apoio ao PCO

Corrente Sindical Nacional Causa Operária apresentou ao plenário a proposta de apoio ao PCO contra o STF, que foi aprovada

É preciso mobilizar os trabalhadores contra o golpe – Foto: Reprodução

Receba o DCO no Email

Realizou-se, nos dias 11 e 12 de junho, no Hotel Holiday Inn Parque Anhembi, na Grande São Paulo, a 24ª Conferência Nacional dos Bancários, cujo objetivo foi discutir e aprovar o plano de lutas e a minuta de reivindicações que será apresentada nas mesas de negociações com os banqueiros, na campanha salarial da categoria que tem a sua data base em setembro próximo.

A Conferência contou com a presença, de forma híbrida, de mais de 900 delegados de todo o País, sendo a metade deles de forma presencial. A plenária da conferência, além de aprovar as propostas de aumento real e a manutenção de todos os direitos previstos na Convenção Coletiva de Trabalho em vigência, aprovou duas importantes moções que foram em votação na plenária geral, que se realizou no último dia.

Uma delas, com ampla aprovação, foi em relação ao apoio da única candidatura com possibilidades reais de derrotar o processo de golpe de Estado da qual o País passa, elegendo Luíz Inácio Lula da Silva para a presidência da República e derrotar a direita golpista, nas próximas eleições.

Outra, que não menos importante, apresentada pela Corrente Sindical Nacional Causa Operária, Bancários em Luta, foi de que a Conferência dos Bancários se solidarizasse com o Partido da Causa Operária diante da decisão monocrática do Ministro do STF, Alexandre de Moraes, que determinou o bloqueio das páginas nas redes sociais do PCO e a intimação do seu presidente Rui Costa Pimenta sob as acusações de fake news.

Em apoio ao partido, esse que sempre foi um aliado de primeira hora na luta contra o golpe, os trabalhadores bancários repudiaram, através da aprovação da moção, a medida arbitrária do ministro contra o PCO e a liberdade de expressão.

A determinação dos delegados na 24ª Conferência Nacional dos Bancários não deixa sombra de dúvida o quanto que os trabalhadores estão dispostos a lutar contra o golpe e os golpistas, que ocupam cargos nas instituições do Estado, à serviço da burguesia e do imperialismo, cujo um dos objetivos é atacar as organizações dos trabalhadores, seja em partidos políticos, seja nas suas entidades sindicais.

Nesse sentido, é necessário ampliar a luta contra as arbitrariedades do judiciário aos trabalhadores e a população em geral através de uma vigorosa campanha de denúncia dos abusos do Supremo Tribunal Federal e seus ministros biônicos e exigir a imediata revogação das medidas antidemocráticas contra o PCO.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.