Menu da Rede

Membro da Direção Nacional do PCO. Secretário de Agitação e Propaganda do Partido. Formado em Ciências Sociais.

Naufrágio

Frente ampla afundou junto com Baleia nas eleições do Congresso

A derrota de Baleia Rossi na Câmara mostrou a falência da frente ampla defendida pela esquerda

O resultado da eleição para presidência da Câmara, que resultou na vitória do candidato apoiado por Bolsonaro, Arthur Lira (PP), em primeiro turno, revelou um fato bastante importante para a política da esquerda pequeno-burguesa: não existe frente contra Bolsonaro com a direita golpista.

A esquerda parlamentar se juntou com o golpista Baleia Rossi (MDB), candidato do igualmente golpista Rodrigo Maia (DEM). A justificativa para uma política tão desmoralizante era a de que o bloco, apesar de ser ruim, seria um fortalecimento da oposição ao Bolsonaro.

Artigos Relacionados

Já mostramos um milhão de vezes que esses elementos desclassificados da direita nunca tiveram nada de oposição a Bolsonaro, pelo contrário, dão sustentação para o governo. Já mostramos um milhão de vezes que uma esquerda que pretende organizar a luta contra Bolsonaro e o golpe nunca poderia se juntar com os principais golpistas.

Além de tudo isso, fica claro que não existe nem nunca existiu nesse bloco uma política contra Bolsonaro. Alguns setores da esquerda, para justificar a política absurda, chegaram a apresentar a alinça com os golpistas como sendo antifascista.

O resultado mostra aquilo que qualquer brasileiro sabe: o Congresso é composto por picaretas e canalhas que estão no mercado para serem comprados. E foi assim que os “antifascistas” e os “oposicionistas” abandonaram o bloco de Maia para votar massivamente em Lira e garantir a vitória acachapante do candidato de Bolsonaro.

A mesma argumentação absurda é usada pela esquerda para justificar a frente ampla. Ela seria necessária para agrupar os elementos  “democráticos” contra o fascista Bolsonaro. É uma balela por si só, já que apresentar Doria, Maia, Covas, Baleia, FHC, Temer e cis como “democratas” só pode vir de pessoas de má fé. Mas olhando objetivamente para o que aconteceu na Câmara, fica claro que esses “democratas” não pensarão duas vezes antes de correr para apoiar o bolonarismo.

Foi assim em 2018 e há grande chances de ser assim em 2022. Assim como aconteceu na Câmara, diante da ideia de que o candidato da direita golpista tradicional não vai emplacar, os “democratas” correrão para apoiar Bolsonaro e elegê-lo.

Fernando Henrique Cardoso em entrevista já sinalizou algo nesse sentido. Ele afirmou que caso não haja candidato do que ele chama de “centro-direita”, que na verdade é um candidato da direita golpista, Bolsonaro vai ganhar. Traduzindo, o PSDB, o DEM e o MDB vão apoiar Bolsonaro caso não consigam candidato próprio.

Realmente, esses são exemplos de antifascismo.

O colunista do Globo, Merval Pereira, afirmou algo parecido na edição dessa quarta-feira do jornal: “Se não houver uma candidatura de centro esquerda ou direita palatável para derrotar Bolsonaro, ele ganha de novo. Esquerda x Bolsonaro, ganha Bolsonaro, não tem discussão.” A tradução para essa afirmação é a mesma. “Iremos apoiar Bolsonaro em 2022”. A Globo também se mostra um exemplo de antifascismo!

Por fim, para quem ainda tem dúvida, a imprensa golpista já apresenta que internamente no DEM já se costura um apoio a Bolsonaro.

A frente ampla não existe, pelo menos não como concebe a esquerda pequeno-burguesa que a defende. A frente ampla só existe se a direita golpista conseguir candidato próprio, ou seja, emplacar um golpista que será tão fascista quanto Bolsonaro. Se não conseguir, vai de Bolsonaro novamente.

Enquanto a direita golpista faz a sua política, a esquerda vai se iludindo, se envolvendo nas manobras, se anula politicamente. A direita mantém a esquerda a reboque de sua política e do outro lado já prepara seu apoio a Bolsonaro.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.