Rede Globo falsifica número dos assassinatos da PM

pm1

Segundo a golpista Rede Globo, o Brasil teve no ano passado 5.012 pessoas mortas pela polícia, o braço armado a serviço da burguesia e contra o povo. Segunda a rede de mentiras, com base nos dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal aumentou apenas em 790 casos, uma falsificação deslavada.

Porém, como denunciado neste diário operário, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) divulgou um documento chamado Atlas da Violência de 2017, que trás vários dados de 2005 até 2015 sobre a violência no Brasil.

Em linhas gerais, nos últimos 10 anos foram mortos 318 mil jovens, sendo que tem havido um crescimento de mortes de tempos em tempos. Desse total, pelo menos 71% são jovens negros, o que resulta em um número de 225 mil negros mortos em 10 anos.

Essa rede de mentiras, que é financiada diretamente pelo imperialismo norte-americano, que participou ativamente da Ditadura de 1964, derrubou Dilma Rousseff, prendeu Lula sem provas, quer fazer o povo acreditar que após um golpe de Estado onde os militares golpistas estão ameaçando abertamente uma nova ditadura, o número de pessoas assassinadas pela PM

Veja os debates toda manhã no programa Reunião de Pauta, ao vivo na Causa Operária TV.