Jogador com descendência turca é agredido na Copa

jimmy

Da redação – Jimmy Durmaz, jogador da seleção sueca com descendência turca, alegou que sofreu com insultos raciais logo após a derrota contra a Alemanha, por 2 a 1. A denúncia foi que os próprios suecos demonstraram sua desprezível intolerância racial para culpar o meia pela falta cometida que culminou no gol do alemão Kroos.

Nesta sexta-feira, dia 29, compatriotas do jogador organizaram uma manifestação em apoio na Praça Sergel, em Estocolmo. De acordo com o jornal local “Aftonbladet”, o protesto, no entanto, foi cancelado pela polícia por questões de segurança, com argumento de que o local era considerado pequeno para o público esperado.

O capitão Andras Granqvist foi o porta-voz contra a lamentável situação e disse: “o grupo ficou irritado demais com tudo o que aconteceu. Foram inaceitáveis as agressões e as ameaças de violência a Jimmy”.