Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Os golpistas contam com o apoio do imperialismo e de uma parcela grande de recursos da burguesia nacional, o que facilita a compra de juízes, parlamentares, membros do governo e, é claro, da própria imprensa defensora do golpe.

É contra essa máquina que a luta contra o golpe se desenvolve e precisa se erguer. Por isso a campanha contra a prisão de Lula, que precisa tomar as ruas do Brasil inteiro, todas as fábricas, e, especialmente, o ABCD paulista, onde se formou a liderança do ex-presidente.

É diante desse fato que o PCO (Partido da Causa Operária) e os Comitês de Luta Contra o Golpe lançaram uma Vakinha na internet para arrecadar, pelo menos, R$ 200.000,00, duzentos mil reais, que servirão para a confecção de panfletos, cartazes, aluguel de carro de som e todo o material que for preciso para fazer uma enorme campanha contra a prisão de Lula.

Essa é uma maneira de fazer a luta de maneira independente e consequente. E é preciso fazer o máximo de campanha em torno dessa arrecadação. Dela depende, em grande medida, o destino dos golpistas, a derrota do golpe e de suas instituições farsescas, como o Judiciário, que quer prender Lula sem prova.

É uma campanha para colocar todas as pessoas que são contra o golpe (milhões) nas ruas, em defesa de Lula, contra sua prisão, e avançar na luta contra o golpe de Estado como um todo; colocar, de fato, um obstáculo ao avanço dos golpistas e começar a impor derrotas ao regime da direita.

Se for bem pensado, 200 mil reais é pouco diante da tarefa e do inimigo que está pela frente, mas é o primeiro passo para uma luta bem sucedida contra o golpe de Estado e contra a prisão de uma das maiores lideranças dos trabalhadores dos últimos tempos.

Acesse o link abaixo e contribua já:

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/contribua-com-a-campanha-contra-prisao-de-lula

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas