Risco de inundação
Rachadura na Barragem dos Macacos, próximo a Salvador, bota em risco a moradia de 300 famílias.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
quilombo rio dos macacos GRANDE
Foto: Divulgação/Quilombo Rio dos Macacos |

Da redação – Quilombolas moradores do quilombo Rio dos Macacos e da comunidade Bosque Imperial de Inema, próximo à Barragem Rio dos Macacos, vêm sofrendo desde que sua comunidade foi invadida por militares. Agora, essas pessoas correm risco de perderem suas casas por conta de uma rachadura de cerca de 14 metros. O rompimento nessa barragem deixaria cerca de 300 famílias ilhadas.

O Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos já notificou a Marinha do Brasil sobre a rachadura 4 vezes e ainda nada foi feito. Na manhã de hoje (21), os moradores do quilombo resolveram se reunir e protestar contra a situação que bota suas vidas em risco.

A Marinha Brasileira diz que está monitorando a área diariamente e que o nível da água está sob controle, porém a Defesa Civil de Salvador recomendou que fosse feito um Plano de Ação de Emergência, através de inspeções, investigações, monitoramentos e controles da Barragem. A rachadura tem piorado com as chuvas na região, segundo os moradores.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas