Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
06/07/2017- Brasília- DF, Brasil- Presidenta, Gleisi Hoffmann, durante  primeira reunião do novo Diretório Nacional do PT. reunião. Presidente Lula. 
Foto: Lula Marques/AGPT
|

Da redação – O golpe quer cercar Lula e o PT por todos os lados. Agora querem pegar a Gleisi também, que é durona, briguenta e não arreda pé do lado de Lula.

Celso de Mello, ministro do STF, liberou para julgamento a ação penal contra a senadora e presidenta nacional do PT. Mello é revisor do processo relatado por Fachin. Cabe ao revisor, esgotada a fase de juntada de provas e testemunhos, incluir o processo na pauta. O presidente da 2ª Turma do STF, Ricardo Lewandowski, é quem marcará a data do julgamento.

A ação acusa a senadora e o marido dela, Paulo Bernardo (ex-ministro do Planejamento de Lula e ex-ministro das Comunicações da Dilma) de ter recebido ilegalmente R$ 1 milhão para a campanha dela ao Senado em 2010. Gleisi e Paulo Bernardo negam qualquer irregularidade. A denúncia, da Procuradoria Geral da República, não traz prova e se baseia em “meras conjecturas˜, segundo os advogados de defesa.

Na denúncia a PGR afirma que o dinheiro teria origem no esquema de corrupção da Petrobras investigado pela Operação Lava Jato, claro, para jogar também a presidenta nacional do PT e fiel escudeira do Lula na masmorra do Mussolini de Maringá.

 

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas