Quer privatizar todas as estatais? Vote Ciro Gomes!

ciro_gomes_e_mauro_filho

O bravateiro Ciro Gomes, pré-candidato à Presidência da República pelo PDT, famoso por seus calorosos discursos politiqueiros “defendendo” a soberania nacional e as empresas estatais brasileiras, dizendo que o Congresso não pode controlar os atos do Presidente e que, se eleito, dentre outras coisas, tratará logo de revogar todas as medidas de entrega das estatais ao capital estrangeiro, deixou a máscara cair de uma vez por todas.

Em entrevista ao Estado de S. Paulo pudemos conhecer o responsável pelo seu programa econômico: o carreirista de direita Mauro Benevides Filho, que já foi filiado ao (P)MDB, PSDB, PPS, PROS, e agora ao PDT.

O economista defendeu um rigoroso ajuste fiscal, discordando do programa do PT de que a crise deveria se resolver com crescimento econômico, e tocou, em seguida, no ponto mais importante da campanha de Ciro Gomes, a privatização e a tal “retomada” dos ativos já privatizados pelo governo golpista, explicando que vai levar adiante os projetos de entrega de estatais ao capital estrangeiro e que não vai revogar nenhuma privatização, vez que a medida, a seu ver, é “uma ferramenta para ampliar a estrutura de produção do país”.

O direitista deixou a posição do presidenciável ainda mais clara quando se mostrou favorável à entrega da Eletrobrás ao imperialismo, defendendo que a estatal não poderia ser qualificada como estratégica, o que demonstra seu desprezo pelo desenvolvimento econômico e industrial do país e desmente todo o discurso “nacionalista” de Ciro.

Com esta entrevista, Benevides mostra que Ciro Gomes nada mais é do que (mais um!) um político mentiroso da direita, que não quer nada de bom para o país, a não ser para si mesmo e para seus amigos burgueses.

Na prática, se eleito, Ciro Gomes levará adiante a política econômica e social destrutiva que já vem sendo implementada pelos golpistas e, assim, continuará entregando todo patrimônio nacional para exploração do capital estrangeiro.