Quem são os Bolsonaristas? João Doria, o playboy que tira leite das crianças e dá ração para o povo

Sao Paulo's Mayor Doria talks during an interview with Reuters in Sao Paulo

Após a fraude eleitoral, a extrema-direita golpista chega ao poder no país trazendo consigo a mais alta corja de cafajestes políticos, antipopulares, contrários a qualquer interesse que beneficie minimamente a população mais pobre. Um exemplo claro dessa corja bolsonarista é o ex-prefeito de São Paulo, João Dória, do PSDB.

Doria foi colocado na prefeitura da maior capital do país com o único objetivo: saquear a cidade. Durante os dois anos que permaneceu na prefeitura da maior cidade do país, Dória levou a risca a política golpista: cortou o fornecimento de leite para as creches públicas, apagou os grafites, as pichações da juventude, um puro vandalismo bárbaro de um fascista. No seu largo currículo de atrocidades contra povo, Dória mandou a PM agir com total violência contra os moradores de rua da cidade, derrubou prédios com moradores dentro, impôs um programa de privatização integral do patrimônio público de São Paulo, como o estádio do Pacaembu, o autódromo de Interlagos, entre outros pontos da cidade. Dória tentou de todas as formas fornecer ração, lixo processado, para os estudantes das escolas municipais da cidade.

Para tentar fazer demagogia com o povo, o palhaço Dória se vestiu de gari logo no início de seu mandato, uma verdadeira afronta à classe trabalhadora paulistana, levando em conta a política de terra arrasada contra a cidade e seu povo que impôs logo depois.

Dória é um exemplo claro do perfil do político bolsonarista. Como dissemos antes, uma escória social que chega ao poder por meio da fraude e do golpe. O objetivo é impor um duro ataque contra o povo. É preciso mobilizar desde já para derrotar Bolsonaro e todos os seus capachos, levantar a palavra de ordem Fora Bolsonaro e todos os golpistas!