Siga o DCO nas redes sociais

Quem não tem R$4,30, vá de avião! Doria, que aumentou a passagem de metrô, reduz imposto de querosene de aviação
dorinh
Quem não tem R$4,30, vá de avião! Doria, que aumentou a passagem de metrô, reduz imposto de querosene de aviação
dorinh

A mais recente medida adotada pelo governador do Estado de São Paulo, o playboy João Dória Jr., é digna de uma peça humorística. Mas como se trata de uma medida real, também se parece com uma obra macabra contra os trabalhadores do Estado de São Paulo. O playboy Dória Jr. resolveu atender o pedido das empresas aéreas brasileiras, por meio da Abear (associação que reúne Latam, Gol, Azul e Avianca), que foram ao governo pedir a redução de 25% para 12% na alíquota de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) do querosene de aviação dos voos domésticos.

A obra de caridade do governo paulista teve a participação especial do Secretário da Fazenda e do Planejamento paulista, o banqueiro Henrique Meirelles, que ficou com “dó” das empresas aéreas que alegaram terem que pagar uma alíquota maior de ICMS pelo querosene em São Paulo do que em outros estados.

Segundo reconhecem as próprias empresas aéreas, o estado de São Paulo teria uma perda de arrecadação de R$ 205 milhões em apenas um ano com tal medida. Mas, como as empresas aéreas também são “bondosas”, elas prometeram aumentar 490 vôos no estado de São Paulo, o que levaria a um aumento da receita em R$ 327 milhões no ano seguinte. Essa é uma história muito “bonita”. Parece com aquela quando o governo Temer autorizou as empresas aéreas a cobrarem a parte pelas bagagens despachadas com a promessa de que o preço das passagens aéreas iriam diminuir. Só resta saber pra quem essas passagens aéreas diminuíram.

A obra de caridade do playboy João Dória Jr. ocorre quando o governo acabou de aumentar o preço da passagem do metrô e trem de R$ 4,00 para R$4,30. Ou seja, trata-se de um estímulo para que a população pare de andar de metrô/trem e comece a andar de avião! Seria cômico, se não fosse trágico! O governo Dória, que está ameaçando destruir de vez os serviços públicos paulistanos como a educação e a saúde, que aumentou o preço das passagens, agora resolve fazer caridade com as empresas aéreas. É o governo dos milionários apenas e tão somente! A única resposta possível para a população trabalhadora diante desse governo capacho da burguesia parasita é o movimento pelo “Fora Dória!”.