Acabar com a cultura
Ex Playboy de telenovela global e militante fascista, apoiador de primeira hora de Bolsonaro, é o novo assecla para destruir a cultura do Brasil
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
20200520-mario-frias-regina-bolsonaro-1200x812
Imagem de Bolsonaro e Frias. Foto: reprodução |

Quem é o novo fascista que vai ocupar a secretaria de cultura do governo de extrema direita ,Frias usa a hashtag #fechadocombolsonaro, compartilha vídeos do presidente falando e critica nomes que abandonaram o governo, como o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro. “O ego está falando mais alto do que o próprio cargo”, disse, sobre Moro. Também fez postagens defendendo o uso da cloroquina – remédio cuja eficácia contra o coronavírus não é comprovada – na epidemia de covid-19.

Se cercar vira cadeia se cobrir vira circo, essa é a melhor definição ao governo Bolsonaro, explica também a feira livre que se tornou a secretaria de cultura do governo Bolsonaro.

A primeira medida do governo fascista de Jair Bolsonaro em relação à cultura foi de tirar o status de ministério e rebaixar a pasta a uma secretaria subordinada ao ministério do turismo, Assim então tem inicio o enredo bizarro e grotesco dos ocupantes da secretaria, como de Roberto Alvim, um declarado nazista, que foi derrubado do cargo após aparecer em um vídeo repleto de referencias nazista, irritando uma ala moderada da burguesia, agora ex: secretaria Regina Duarte, que no discurso de posse já causou polêmica, com um palavrório de gente drogada.  Em uma entrevista a CNN, demostrou todo o asco que os bolsonaristas têm pela população pobre e as vitimas da epidemia e das pessoas que foram mortas pela ditadura no Brasil.

Agora o ex: Play boy da telenovela global malhação e militante fascista de carteirinha, que não tem nenhuma relação real com a cultura nacional, relevância alguma como pessoa ou ator conhecedor das raízes culturais brasileiras, de fato a secretaria vai servir para destruir a cultura, pois é essa a politica do governo Bolsonaro, nesse sentido é indiferente de quem ocupe a secretaria.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas