Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
pedro parente
|

O presidente golpista da Petrobras, Pedro Parente, apresentou, no final da manhã desta sexta pedido demissão do cargo.

O acontecimento que acelerou a queda das ações da empresa na Bolsa de Valores (chegando a 20%) expressa a profunda crise no interior do moribundo governo golpista de Michel Temer, agravada pela mobilização dos caminhoneiros que praticamente paralisou todo o País, com amplo apoio dos trabalhadores, passando por cima, em diversos momentos, do governo e dos “sindicalistas” que buscavam aparecer como representantes do movimento, sem qualquer apoio real entre a imensa maioria dos trabalhadores que bloqueavam as rodovias.

A mobilização que criou condições reais (ainda presentes) para uma greve geral, bem como as denuncias da política entreguista do governo na questão do petróleo, impediram a manutenção à frente da Petrobras do homem de confiança dos especuladores internacionais que ganharam bilhões às custas da expropriação dos caminhoneiros e de todo povo brasileiro.

A queda de Parente mostra que o governo é um cadáver insepulto, mas tanto na questão dos combustíveis – na luta pela redução dos preços, pela nacionalização do petróleo, pela reestatização da Petrobrás sob o controle dos trabalhadores etc. – como na luta mais geral contra o regime golpista, é necessária uma mobilização revolucionária das massas exploradas, nas ruas, como seus próprios métodos de luta, como é o caso da greve geral.

Nessa luta, junto com as reivindicações específicas (que não serão atendidas pelo regime golpista) é preciso ter como eixos a luta pela imediata liberdade para Lula e todos os presos políticos da ditadura golpista, fora Temer e todos os golpistas, anulação do impeachment e a realização de eleições livres e democráticas (controladas pelas organizações populares) contra a tentativa de fraude que a direita buscar organizar, em a participação da maior liderança popular do País, que a maioria do povo quer ver novamente na presidência da República, justamente por ser o único candidato capaz de derrotar os golpistas, o ex-presidente Lula.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas