Em erupção
Vulcão espalha cinzas por diversas cidades no Equador, chegando a obrigar algumas delas a cancelarem atividades.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
3rd_Volcan-Sangay-Ecuador_by_-wikimedia-commons
O vulcão Sangay, no Equador | Foto: Wikimedia Commons

O vulcão Sangay, localizado no Equador a 195 km de Quito, expeliu cinzas vulcânicas entre a última segunda e terça à noite, que atingiram várias cidades do país. Entre elas, a cidade de Alausí, com 44 mil habitantes, que teve que interromper atividades na terça-feira (9).

As cinzas também chegaram ao porto de Guayaquil, que é foco da pandemia de coronavírus no Equador, registrando 10 mil casos de covid-19.

O vulcão Sangay é localizado na província amazônia de Morona Santiago, ao sudeste do país e na fronteira com o Peru. Ele é um dos mais ativos e é o último ao sul do Equador. No momento, ele está em atividade e em alerta amarelo.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas