Fraude
Dados foram divulgados pela Controladoria-Geral da União (CGU)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
caixa
Aplicativo do auxílio emergencial | Foto: Reprodução

De acordo com a Controladoria-Geral da União (CGU), 680.564 servidores públicos foram cadastrados no programa de auxílio emergencial do governo federal, implementado após a pandemia de coronavírus. Esse número corresponde a um desvio de R$1 bilhão dos recursos destinados ao programa.

Mas o valor não é o maior dos problemas. Afinal, o governo Bolsonaro destinou mais de R$1,2 trilhão aos banqueiros no início da pandemia. O problema é que o recebimento do auxílio pelos servidores veio acompanhado por um número gigantesco de trabalhadores que ficaram sem o benefício. Milhões de pessoas não receberam, até hoje, o auxílio emergencial, devido a política de fome do governo Bolsonaro.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas