Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Independentemente do que acontecer no julgamento do ex-presidente Lula, no dia 24, em Porto Alegre, o PT já decidiu que vai seguir impulsionando sua candidatura de qualquer forma, com ou sem condenação.

Nesse sentido, o Partido dos Trabalhadores já programa o lançamento de uma nova Carta ao Povo Brasileiro, provavelmente para o dia 26 de fevereiro, data na qual o partido irá completar 37 anos de existência.

O documento, elaborado pelo ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, é fruto de meses de debates entre economistas e acadêmicos que se reúnem toda semana na sede do Instituto Lula. Antes de ser finalizada, a carta passará pelas mãos do próprio ex-presidente.

Se Lula for condenado em segunda instância, ele terá até o dia 15 de agosto para defender a elegibilidade de sua candidatura, que será julgada pelo não menos golpista Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que ultimamente decidiu até mesmo censurar redes sociais durante a próxima campanha.

Sem entrar no mérito do conteúdo da carta, vale ressaltar que é uma política acertada do PT defender a candidatura de Lula, mesmo se a condenação fantasiosa de Sergio Moro for confirmada pelo TRF-4. O partido não pode se entregar ao golpe e encarar as próximas eleições com normalidade, para o seu próprio bem e para o bem de toda a esquerda, que neste momento vê sua existência ameaçada pelos golpistas.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas