Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
SÃO PAULO, SP, 01.04.2016: MANIFESTAÇÃO-SP - Grupo faz ato contra o governo e também contra os partidos de direita, clamando por eleições gerais, no vão livre do Masp na avenida Paulista em São Paulo, nesta sexta-feira (1º). (Foto: Cris Faga/Fox Press Photo/Folhapress)
|

O PSTU (Partido Socialista dos Trabalhadores Unificados), vem se consagrando no Brasil, no meio da esquerda, como um partido da esquerda golpista, já que sua política serve para tentar levar os trabalhadores aceitar o golpe de Estado imposto ao governo de Dilma Rousseff do PT, como sendo normal.

Para o PSTU, em 2016 no Brasil, não houve golpe, mas apenas a mudança de um governo ruim, de Dilma Rousseff, para um governo igualmente ruim do Michel Temer.

Essa política confusa do PSTU, é defendida pelos seus militantes em todas as suas frentes de intervenção. Por exemplo, nos Correios, uma empresa ameaçada de desaparecer por obra dos golpistas, caso consigam privatizar a empresa, o PSTU faz a campanha mentirosa de que os problemas dos Correios foram motivados pelos governos do PT, e que Michel Temer é só uma continuidade. Mentira.

O PT aceitava muitas coisas contra os trabalhadores, mas a política do PT era de diálogo, buscava conciliar o interesse do trabalhador com os interesses dos entreguistas, já o governo golpista de Michel Temer quer liquidar a empresa em poucos meses, com demissão de mais de cinco mil trabalhadores, querem acabar com todos os direitos da categoria e as agências e ainda propõe a extinção de todos os OTT´s (Operador de Triagem e Transbordo) da empresa.

Por isso, no 13° CONTECT (Congresso Nacional dos Trabalhadores dos Correios) da Fentect (Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios) foi aprovado uma campanha contra o golpe e contra a prisão ilegal do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva.

O PSTU, que mais parece um agrupamento de direita, como o MBL, não conseguiu derrotar a proposta, apesar de fazer uma defesa contra, agora quer impedir que os trabalhadores dos Correios façam a campanha pela liberdade do ex-presidente.

Para isso, o PSTU orientou todos os seus militantes e simpatizantes irem nas assembleias dos sindicatos dos Correios, que irão aprovar as decisões do 13° Contect, votarem contra a deliberação de fazer campanha pela liberdade de Lula.

O PSTU, que aprovou todos os golpes de estados promovidos pelos EUA (Estados Unidos da América), quer impedir que os trabalhadores saiam às ruas em defesa da liberdade de Lula, se somando aos direitistas.

Essa posição só mostra que o PSTU é uma organização política no campo da esquerda degenerada, que não consegue nem mais diferenciar direita de esquerda. É o começo do fim.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas