A medida não é contra o vírus.
Burguesia não quer o povo na rua
Av. Paulista-SP (imagem: Thiago Macambira)
Manifestação na Paulista. |
Av. Paulista-SP (imagem: Thiago Macambira)
Manifestação na Paulista. |

A Prefeitura de São Paulo decretou nesse fim de semana a suspensão do programa “Paulista Aberta”. Local de atividades de lazer, cultura e manifestações politicas, o fechamento da Av. Paulista para automóveis aos domingos ocorre desde de 2016 como projeto da gestão de Fernando Haddad (PT). Foi dado como pretexto evitar a disseminação do CODVIRUS-19.

A medida na verdade é uma ação da direita para evitar qualquer expressão política da população contra o governo, ao mesmo tempo que faz demagogia ao falar que está combatendo a pandemia. O caráter anti popular dos governos de direita é evidente, o golpe de Estado acirrou os ataque contra o povo (congelamento de investimentos em saúde por 20 anos, fim do programa mais médicos). Essa decisão de fechar a rua para os pedestres não é diferente, basta constatar a situação dos transportes públicos lotados, em especial o metro por onde passam milhões de pessoas todos os dias em uma cidade como São Paulo, ambiente infinitamente mais propicio para disseminação da doença que o espaço aberto da Paulista. Observando a situação em que se encontram países com muito mais recursos que o Brasil, como por exemplo a Itália ou a Espanha, se coloca a gravidade da crise.

É importante ressaltar que a direita não pretende mudar sua politica de destruição, ela esta tentando encobrir a falta de preparo em que deixou não só a cidade de São Paulo mas o País por inteiro para lidar com a pandemia do corona vírus. Por isso nenhuma confiança no governo e nas instituições.

O Partido da Causa Operaria lançou um programa de luta para essa etapa de crise tanto da saúde, quanto a crise econômica e pode ser lida aqui.

Fora Bolsonaro!

Relacionadas
Send this to a friend