PSDB em todos os lugares

casais grande

Conforme temos destacado sistematicamente em todos os órgãos de imprensa do nosso Partido, o PSDB é o principal articulador do golpe de Estado. Embora tenhamos visto uma movimentação que vai no sentido de limpar as fichas do PSDB, numa tentativa de montar a malfadada “Frente Ampla”, a verdade é que, além do impeachment de Dilma, a prisão de Lula e todos os ataques que o povo brasileiro tem sofrido por parte do golpe, o PSDB é responsável direto pelo crescimento da extrema-direita e pela eleição fraudulenta de Bolsonaro.

Na realidade, o PSDB é a principal base de operações do imperialismo estrangeiro no Brasil. Mas não só isso, ao que parece os tentáculos tucanos alcançam os mais remotos cantos da política nacional. Não apenas no espectro da direita, como denunciamos nesta matéria, nos casos do PDT e do PSL, mas inclusive na própria esquerda. O PSDB teria um poder divino, a onipresença, que permite que os tucanos estejam em todos os lugares ao mesmo tempo.

A imprensa direitista destacou, por meio de matérias nos sítios O Antagonista e na Folha de S. Paulo que o PSDB fez convites formais para trazer dois direitistas ilustres para o ninho tucano: Alexandre Frota, o inacreditável “ator” de filmes adultos do PSL e a deputada direitista Tábata Amaral, apelidada nas redes sociais de “Batata Liberal”, que é vendida como sendo de esquerda mas que votou pela destruição da previdência.   

Este convite revela que na realidade tanto parte do PDT quanto o PSL são um apêndice do PSDB, um verdadeiro “puxadinho” dos tucanos. Devemos destacar também que os convites foram feitos com o aval de Doria, governador de São Paulo, elemento profundamente direitista que tem dado as cartas no PSDB recentemente.

Não podemos cair na ilusão de que o PSDB teria algum setor minimamente esquerdista, democrático. Afinal, foram nas manifestações coxinhas, organizadas pelo próprio PSDB, juntamente com a FIESP e outras organizações que a extrema direita, monarquistas, olavetes, defensores da ditadura militar e outros malucos começaram a se desenvolver. O PSDB tem o dom divino da onipresença e a esquerda deve combater quaisquer vestígios de plumas tucanas que por ventura possam aparecer no interior das organizações da classe operária e do movimento de luta contra o golpe.