Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
tasso
|

Sem candidatos viáveis para fazer frente à reeleição de Camilo Santana do PT no Ceará, a PSDB resolveu investir na candidatura estadual do general do exército Guilherme Cals Theophilo de Oliveira, que tem em seu currículo a participação no planejamento da intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro.

O militar conta com o apoio do senador do PSDB Tasso Jereissati, velho aliado de Ciro Gomes, e poderá ser o primeiro general quatro estrelas – maior patente militar em tempos de paz – a comandar o estado nordestino desde o fim da ditadura militar.

Theophilo se autoproclama um político de “centro”, apoiador do também peessedebista Geraldo Alckmin, candidato à Presidência da República, e que apresenta um discurso voltado ao tema da “segurança pública”, o mesmo tema que levou o governo federal a intervir militarmente no Rio de Janeiro, e que sempre serviu de carta-branca para todo quanto é tipo de abuso por parte de militares.

Importante destacar que, para governos estaduais, existem mais outros dois generais que pretendem se lançar candidatos, o general Paulo Chagas (PRP) para o Distrito Federal, e o general Girão Monteiro (PSL) para o Rio Grande do Norte. Dezenas de outros devem disputar mandatos para Senado, Câmara dos Deputados e Assembleias Legislativas.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas