PSDB destruindo a saúde: Covas troca psiquiatra especialista por clínico geral

Doria anuncia mudanças estruturais na organização administrativa

Da redação – O Conselho de Saúde da Unidade Básica de Saúde (UBS) de Parelheiros, na zona sul da capital paulista, protestou na última quinta-feira, dia 5, contra o projeto do prefeito Bruno Covas (PSDB), que, seguindo a política tucana de destruir tudo que é de qualidade para o povo, substitui especialistas, psiquiatras e pediatras, pelo atendimento de clínicos gerais.

A UBS atende mais de 100 mil usuários, e sendo assim, fica evidente que o partido do golpe está atacando abertamente os trabalhadores retirando a saúde básica. Esse alerta dos conselheiros veio no sentido dos riscos da proposta de “reestruturação”, pois, diversos pacientes tem acompanhamento semanal de psiquiatras, o que pode levar a voltar a instabilidade e crises na vida dos mesmos.

A paciente Laudeci Cardoso, que há dois anos é acompanhada pela mesma psiquiatra em seu tratamento da esquizofrenia, está perdida. “A doutora Camila falou para mim que a partir da próxima consulta não será ela que irá me atender. (Pediu) que eu procurasse outro psiquiatra. Agora eu estou indo, mas não sei nem que psiquiatra é esse”, afirmou.

Vale ressaltar, que desses milhares de trabalhadores atendidos, muitos são, exatamente, por conta das condições de vida medíocre que a burguesia mantém a classe operária dentro do sistema capitalista. A pressão econômica sobre a vida de todos é muito grande, ainda mais em meio ao golpe que gerou uma imensa crise social, e, agora, nem o direito mais básico, de saúde, está garantido.

Segue a matéria de denuncia da TVT: