Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
13091676-high
|

A esquerda fomentou durante anos a ilusão de que as instituições, totalmente controladas pelos golpistas, poderiam servir para a luta contra o golpe, poderiam, em algum momento, barrar os ataques dos governos golpistas.

É o caso da Reforma da Previdência. Muitos parlamentares de esquerda, ou supostamente de esquerda (como os do PDT, PSB, PCdoB, PSOL e a ala direita do PT), apostaram as fichas em angariar votos e apoios da direita para impedir tamanho roubo das aposentadorias. Acabou que parte desses mesmos parlamentares (particularmente do PDT e do PSB) votaram, eles mesmos, a favor do fim da aposentadoria para os trabalhadores.

A única maneira de impedir a aprovação da “reforma” seria a mobilização em massa da classe operária. Entretanto, ela foi boicotada justamente pelos direitistas da esquerda, que preferiram incentivar as negociações no Congresso. Já era evidente que isso não adiantaria, mas foi comprovado pela vitória esmagadora dos votos a favor desse saque aos trabalhadores.

Agora, porém, a reforma ainda será votada no Senado. E esse setor da esquerda parlamentar não aprendeu com a derrota. Acredita que será possível reverter o resultado na Casa mais direitista do parlamento.

E como reverter esse resultado? Adotando a mesma tática “genial” que fracassou na Câmara: aliar-se com a direita. Para um setor da ala direita da esquerda parlamentar, seria preciso fazer ainda mais concessões aos senadores da direita do que foram feitas aos deputados. Dizem: “se tivéssemos negociado mais, oferecido mais, teríamos mais parlamentares ao nosso lado.” Haja concessões para oferecer!

Essa derrota na Câmara serve para a ala direita da esquerda parlamentar alimentar ainda mais as ilusões institucionais. Irá explorá-la colocando a culpa na derrota no fato de não ter feito ainda mais concessões à direita. Vão querer entregar os anéis de todos os dedos para não perder os dedos, e mesmo assim pode ser que percam todos os dedos, os das mãos e os dos pés.

Cada vez que a esquerda alimenta ilusões nas instituições, a realidade dá um grande golpe na população. Por isso, é preciso, desde já, suprimir qualquer crença nas instituições controladas pela direita e apostar nas ruas, na mobilização dos trabalhadores, que, junto com a rejeição popular, foi o motivo pela qual a Reforma da Previdência demorou tanto para ser aprovada. Foi devido à resistência dos trabalhadores, não dos parlamentares.

E é essa mobilização a única solução para reverter o resultado da “reforma”, lutando nas ruas não pontualmente contra o roubo da aposentadoria, mas pelo Fora Bolsonaro e pela derrubada do golpe, pois a Reforma da Previdência está inserido no âmbito mais amplo de ataques promovidos pelo golpe e enquanto ele não for derrotado em seu conjunto será difícil organizar uma luta real contra qualquer um desses ataques.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas