Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
download
|

No último dia 17, o juiz Haroldo Nader, da 6ª Vara Federal de Campinas, isto é, um juiz de primeira instância, determinou que Lula perdesse os benefícios relativos ao cargo de ex-presidente, como assessores e veículos. Mais uma vez, o ex-presidente está tendo seus direitos arbitrariedade retirados por um juizeco que atua como se fosse o dono do país.

Além da atitude do juiz, é necessário denunciar também que o autor do processo que resultou na perda dos benefícios é coordenador nacional do MBL. Desse modo, o juizeco, além de agir sem o menor respeito aos direitos democráticos da população, agiu para favorecer a provocação de um grupinho fascista.

No próprio processo, o juiz diz que o ex-presidente tem “muito mais segurança do que precisa”. Essa declaração é absurda, primeiramente, porque o juiz não tem o direito de julgar o nível de segurança que o ex-presidente acha necessário ter, de modo que isso não podd servir de justificativa para tirar seus benefícios. Em segundo ligar, a declaração mostra bem o caráter da provocação: quanto mais vulnerável Lula estiver, melhor, pois será mais fácil de um fascista lhe assassinar.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas