Provocação do MBL: Lula perde direitos de ex-presidente

download

No último dia 17, o juiz Haroldo Nader, da 6ª Vara Federal de Campinas, isto é, um juiz de primeira instância, determinou que Lula perdesse os benefícios relativos ao cargo de ex-presidente, como assessores e veículos. Mais uma vez, o ex-presidente está tendo seus direitos arbitrariedade retirados por um juizeco que atua como se fosse o dono do país.

Além da atitude do juiz, é necessário denunciar também que o autor do processo que resultou na perda dos benefícios é coordenador nacional do MBL. Desse modo, o juizeco, além de agir sem o menor respeito aos direitos democráticos da população, agiu para favorecer a provocação de um grupinho fascista.

No próprio processo, o juiz diz que o ex-presidente tem “muito mais segurança do que precisa”. Essa declaração é absurda, primeiramente, porque o juiz não tem o direito de julgar o nível de segurança que o ex-presidente acha necessário ter, de modo que isso não podd servir de justificativa para tirar seus benefícios. Em segundo ligar, a declaração mostra bem o caráter da provocação: quanto mais vulnerável Lula estiver, melhor, pois será mais fácil de um fascista lhe assassinar.