Trump prepara forte repressão
Milhares de manifestantes seguem nas ruas de Portland, EUA, há cerca de 2 meses contra o racismo e pelo fim da polícia a principal arma de violência da burguesia contra o povo.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Portland - protests
Protesto em Portland. Manifestantes repetem gestos e frases de vítimas da polícia | Foto por: WGME

Diariamente nas ruas, desde maio, cerca de mil pessoas regularmente permanecem se manifestando contra o racismo e, principalmente, pedindo o fim da política em Portland, estado do Oregon nos EUA.

As manifestações tiveram início em maio juntamente com a população de outras cerca de duzentas cidades, em decorrência da morte de George Floyd em Minneápolis. A cidade chegou a ter uma área ocupada por centenas de pessoas num parque da cidade que se propunha a ser livre da intervenção policial, similar à ocupação de Capitol Hill em Seattle, mas foi desmontado pela polícia alguns dias atrás.

Nesta segunda (20) o presidente Donald Trump, determinou o uso da Guarda Nacional e forças especiais federais fortemente armadas para ocupar a cidade e atacar os manifestantes. Nas redes sociais as pessoas registraram a chegada de militares, blindados e até atiradores de elite.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas