Siga o DCO nas redes sociais

Coxinhatos de Hong Kong realizam ato em frente a gabinete do governo
2019-07-28t082553z-1591777454-rc1910bd9830-rtrmadp-3-hongkong-extradition-march
Coxinhatos de Hong Kong realizam ato em frente a gabinete do governo
2019-07-28t082553z-1591777454-rc1910bd9830-rtrmadp-3-hongkong-extradition-march

Os coxinhatos de Hong Kong duram já mais de um mês. Protestos têm ocorrido cotidianamente em uma clara ofensiva do imperialismo contra o governo de Xi Jinping. A imprensa tem dado destaque ao fato de que o governo está reprimindo os manifestantes, e está simpatizando com a “causa” dos manifestantes chineses.

Teria começado com uma reivindicação besta: contra a lei de extradição de presos que permite o envio de presos para a China (Hong Kong é um Estado da China semi-independente criado pelo imperialismo). Agora, o movimento já pede claramente a renúncia de Carrie Lam e exige medidas “democráticas”, que sempre é um truque na manga do imperialismo.

Porém, de democrático o movimento não há nada. Assim como os coxinhatos brasileiros, estes protestos estão sendo financiados e apoiados pelo imperialismo norte-americano. Não é por nada que podem ser vistas nas manifestações bandeiras dos Estados Unidos. Os protestos são basicamente de um setor da classe média serviçal aos interesses dos norte-americanos, um setor manipulado por eles.

Neste domingo, os manifestantes estiveram no distrito comercial de Causeway bay e outros foram para frente do escritório de representação do governo chinês (Gabinete de Ligação do Governo Central).